Samsung Galaxy A02 é oficial: smartphone barato para quem quer o básico

Bruno Coelho
Comentar

Sem anúncio prévio, a Samsung tornou oficial esta manhã o Galaxy A02. Trata-se de um novo smartphone para a gama de entrada, para quem pretenda gastar menos de 100 euros e ter as funcionalidades básicas.

De acordo com a listagem disponível no site da Samsung na Tailândia, o smartphone conta com um ecrã “Infinity-V” TFT LCD de 6.5” polegadas e resolução HD+ (720x1600p). A câmara frontal de 5MP está localizada na pequena notch em forma de gota neste mesmo painel.

Samsung Galaxy A02

Este smartphone é comandado pelo modesto processador MT6739W da MediaTek. A acompanhá-lo estarão versões de 2GB e 3GB memória RAM, e 32GB e 64GB de armazenamento interno. Para já foi listada apenas uma versão de 3GB/32Gb no site oficial.

Bateria de 5000mAh é um dos pergaminhos do Samsung Galaxy A02

No setor fotográfico não podes esperar maravilhas. Conta com duas câmaras traseiras sendo a principal uma lente wide 13MP, e a secundária uma lente macro de 2MP. Podes ainda contar com uma generosa bateria de 5000mAh com carregamento de 7.75W.

À exceção do ecrã em vidro, não é de estranhar que este equipamento tenha uma construção em plástico. Conta ainda com suporte para cartões microSD até 1TB, entrada para jack 3.5mm e uma já ultrapassada porta microUSB para carregamento.

Samsung Galaxy A02

Embora tal possa variar consoante a região, a versão agora apresentada conta com dual-SIM (possibilidade de usar dois cartões SIM). Tem apenas uma banda de Wi-Fi (2.4GHz), Bluetooth 5.0 e suporte para 4G (e tecnologia VoLTE).

A Samsung ainda não anunciou quando o smartphone estará disponível em mais regiões além da Tailândia, mas é de esperar que tal aconteça nos próximos meses. O preço anunciado no referido país é o equivalente a 82 euros.

Editores 4gnews recomendam:

Bruno Coelho
Bruno Coelho
O Nokia 3650 foi o primeiro grande mergulho no mundo tecnológico. Se o Football Manager e o cinema são dois dos seus escapes, o Macbook Pro é o melhor amigo. Escrever sobre tecnologia é o processo natural na vida de alguém que come especificações ao pequeno-almoço.