tizen-samsung

Corria o rumor de que a Samsung iria lançar os para breve equipamentos com um sistema próprio, o Tizen e esses rumores não eram nada descabidos pois a empresa veio conformar que estava a trabalhar neste projeto. Acontece que, antes de a empresa lançar o mesmo, reconheceu que a competição contra o Android, o iOS e o Windows Phone seria muito difícil, tendo optado por abandonar o projeto, pelo menos para já.

Quem deu a conhecer o fim (ou a pausa) deste projeto ao  The Wall Street Journal foi uma fonte não revelada da operadora móvel NTT Docomo, do Japão, país onde a empresa tinha planeado lançar o primeiro equipamento com este sistema já em março deste ano.

   

O sistema foi criado pela Samsung em parceria com a Intel e pode ainda ser apresentado oficialmente na Mobile World Congress, feira de tecnologia que acontece em Barcelona, Espanha, entre os dias 24 e 27 de fevereiro.

Ambas as empresas têm interesse em usar o Tizen noutros produtos além de Smartphones e tablets, mas para já e devido ao fraco crescimento que o mercado dos Smartphones tem tido no Japão (perto dos 2%), o Tizen ficará na gaveta à espera de um lançamento mais adequado e oportuno.