A Samsung revelou os resultados obtidos pela mesma no último trimestre do ano de 2016 e, sem dúvida que, os resultados não poderiam ser mais surpreendentes do que foram.

Vê também: Misteriosa linha cor-de-rosa aparece nos ecrãs de alguns Galaxy S7

   

Esses resultados mostram que, embora a empresa coreana tenha tido todo aquele contratempo com o Galaxy Note 7, isso não foi suficiente para abalar a sua ótima prestação. Dessa forma, no quarto trimestre do ano passado, a Samsung vendeu cerca de 90 milhões de smartphones.

Claro que, em grande parte, esse número advém das excelentes campanhas que a Samsung executou em volta dos seus Galaxy S7 e S7 Edge. Os flagships lançados há quase um ano pela empresa continuam a ser um autêntico sucesso de vendas. Contudo, até que ponto é que um montante elevado de vendas consiste num aumento dos lucros?

Pois, nem sempre isso acontece. Porém, neste caso, e para o bem da Samsung, a empresa registou um crescimento dos seus lucros em cerca de 50% no quarto trimestre, face ao período anterior – terceiro trimestre. Aqui sim, se percebe que não houve, de todo, uma influência tão negativa assim do Note 7.

Imaginemos se esse contra-tempo não tivesse existido, seriam os resultados melhores ainda? Talvez sim, talvez não. O que é certo é que já falta pouco para que o Galaxy S8 seja apresentado. Esperemos que seja tão (ou mais) bem sucedido quanto o seu antecessor.

Outros artigos relevantes:

Alerta Android: o malware HummingBad volta a atacar!

Pokemon Duel: novo jogo tenta repetir o sucesso do Pokemon Go

Vídeo: Samsung explica de forma simples o que aconteceu com o Note 7