A Samsung enfrentou graves problemas com tudo o que se passou com o Galaxy Note 7 mas, de uma maneira ou de outra, conseguiu ultrapassar toda essa situação.

Provavelmente, com base numa política levada a cabo de uma forma exímia, todo o caso que se criou em redor do flagship que a empresa coreana apresentou em agosto foi (quase) esquecido. O caso do Galaxy Note 7 foi, por isso, gerido da melhor forma possível e, agora, só falta mesmo que a Samsung venha oficializar o que realmente se passou.

   

Como havia prometido anteriormente, a empresa coreana disse que revelaria as causas que conduziram às explosões inesperadas do Note 7 no final do primeiro mês de 2017. Pois bem, hoje ficou a saber-se que essa explicação está marcada para o próximo dia 23 de janeiro, ou seja, daqui a uma semana. Pode dizer-se até: finalmente. Já não era sem tempo.

Embora o relato oficial não vá alterar aquilo que se sucedeu, a Samsung adota aqui a melhor postura possível uma vez que deve, principalmente aos utilizadores do Galaxy Note 7, uma explicação. Assim, será já na próxima segunda feira que se poderá dizer que este dossier poderá ser colocada na caixa dos casos encerrados. Agora é virar a página e esperar pelo Galaxy S8.

Talvez queiras ver:

Google Pixel e Pixel XL: Porquê tanta demora?

Eis as marcas mais rápidas a lançar as atualizações para o Android Nougat em…

Essential Phone: já conhecemos algumas especificações do smartphone do pai do Android

ViaPhoneArena
Desde cedo comecei a interessar-me pelo que podia fazer no computador. Porém, a grande paixão surgiu com o primeiro telemóvel e complementou-se com os smartphones. Nada há a dizer, são simplesmente fantásticos e úteis em todo o tipo de situações.