Relógio Google resolve um dos maiores problemas da aplicação

Filipe Alves
Comentar

Sou um amante da aplicação Relógio Google só porque me acorda com a música que tanto gosto sem ter de a descarregar para o meu smartphone.

Contudo, tal como eu, alguns utilizadores estavam a ter problemas com a sincronização do Relógio Google com o Spotify. Muitos utilizadores reportaram problemas onde a música do despertador começa a tocar e mesmo depois de a desativares a música continuava no Spotify. Mesmo com o Spotify a dizer que nada estava a tocar.

O problema entre a sincronização do Relógio Google com o Spotify

Neste vídeo podemos perceber o problema em concreto. Como referi, mesmo depois do utilizador ter desligado o alarme do Relógio Google a música continuava a tocar poucos segundos depois.

Isto fazia com que o utilizador tivesse de ir ao Spotify e desligar a música. Mesmo no Spotify dizendo que nada estava a tocar naquele momento.

Os problemas não ficavam por aqui

Relógio Google resolve um dos maiores problemas da aplicação

No meu caso as coisas eram um pouco diferentes e nem sempre acontecia. Na minha situação a música simplesmente não tocava. Mesmo depois de selecionar qual a playlist que queria. Inicialmente pensei que era o alarme que tinha selecionado mas tudo estava como devia estar.

Spotify resolve o problema na atualização

As reclamações continuavam a acontecer e parece que o Spotify descobriu o problema. Isto porque a atualização da aplicação de música chega para resolver o problema. Resta-nos saber se vai mesmo resolver de uma vez por todas.

O relógio Google funciona com outras Apps que não o Spotify (Pandora e Youtube Music), porém, visto que podes usar a música que queres mesmo não sendo um utilizador Premium, vale bem mais a pena ter o Spotify conectado ao relógio. Vê aqui como selecionar uma música (mesmo não sendo Premium).

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.