iPhone 6

A Apple ainda é das poucas marcas que não tem substituído a sua RAM. Em pleno ano 2015 o iPhone 6 e 6Plus continuam com 1GB de RAM. Não é que precise de mais na verdade, quem utiliza iPhone sabe que o iOS é fluído o suficiente para aguentar um dia de power user.

A não perder: Goldgenie cria uma nova edição do iPhone 6 inspirado no Ano Novo Chinês

   

Mas quem obriga este upgrade é o mercado e a sua constante mudança, o que hoje está bom, amanhã é antiquado, e se há uma coisa que os iPhones tem de atualizar para além da câmara de 8Mpx, é mesmo a RAM. Os terminais aguentam o iOS de hoje, mas e se amanhã querem fazer mais do terminal? O iPhone 4 ficou para trás no update para iOS 8 porque simplesmente não tinha hardware para acompanhar, a Apple não pode cometer o mesmo erro e se quer “puxar” pelo iOS, terá de subir a RAM aos iPhones.

Segundo o analista da barrons a Apple está a certificar-se que tem fornecedores suficientes para “não ficar na mão” e ter problemas no lançamento do iPhone 6S. Lembrem-se que foi falado de um possível vidro de safira para o iPhone 6 e o problema foi mesmo esse, falta de fornecimento.

Segundo os mesmos estudos prevê-se ainda que a Apple não se fique pelos 2GB de RAM no iPad e puxará 4GB de RAM para o iPad Pro ( ou iPad Plus) com um ecrã de 12″ polegadas e é rumorado ainda para este ano.

A informação fornecida são como referi previsões, tal como previsões meteorológicas embora maioritariamente corretas, nem sempre acertam. Podes ver o artigo na integra no blog da barrons.

Talvez queiras ver:

Sabe mais sobre a MWC nas nossas redes sociais com a HashTAG #4GNewsMWC

Diz o que tens em mente nos comentários abaixo. E que tal ajudares um projeto Português? Sabe mais

Queres ser nosso amigo? Segue-nos nos meios de comunicação.

Fundador do projeto 4gnews, sempre olhei para a tecnologia como um pedaço de nós. Desde cedo ligado ao mundo tecnológico, este é literalmente o meu trabalho de sonho. Amante de vinho e apaixonado pelo meu Vit. Guimarães, acredito ainda que todas as nossas acções são o gatilho para o nosso futuro.