Realme Buds Air são oficiais e metem os AirPods no bolso

Bruno Coelho
1 comentário

Depois de muita expectativa criada em torno dos seus primeiros auriculares totalmente sem fios, a Realme lançou finalmente os Buds Air na Índia. O preço é um dos seus maiores atrativos, já que foram lançados por um valor que ronda os 51 euros.

O seu design faz-nos lembrar imediatamente a primeira geração dos AirPods. A diferença é que custam um terço do preço, contam com cancelamento de ruído e a sua caixa tem carregamento sem fios.

A Realme afirma que o formato dos auriculares foi escolhido para que sejam o mais ergonómicos possível. Além de serem confortáveis, cada um pesa apenas 4.2gramas, pelo que nem os vais sentir.

Realme Air Buds

A marca afirma ter apostado bastante em evidenciar os graves, para que exista uma experiência mais imersiva, seja a ver filmes ou a ouvir música. Além disso, os dois microfones embutidos permitem que exista cancelamento de ruído duplo. Por um lado para capturar a voz humana durante chamadas, e por outro lado para abafar ao máximo de som ambiente.

O seu processador R1 promete resolver qualquer problema de latência, e é combinado com Bluetooth 5.0. Segundo a marca, assim que a tampa da caixa é aberta, são imediatamente reconhecidos pelo teu smartphone para uma conexão bastante rápida e natural.

Realme Air Buds

A Realme avançou também que os Buds Air têm aquilo a que a marca chamou de Modo Gaming. Este reduz a latência até 51% com excelente som e sincronia de qualidade. A latência fica-se pelos 120ms.

Algo que deves ter em conta é que estes auriculares também contam com sensores de distância. Isto significa que sabem quando os tiras ou colocas para que a música possa parar ou recomeçar.

Suportam controlos por toque, permitindo-te facilmente pausar a música, ou saltar uma faixa. Além disso, com um toque mais longo podes também ativar a Google Assistant através dos auriculares.

Realme Air Buds

Não brilham na autonomia, mas têm carregamento sem fios

Em termos de autonomia, podemos dizer que não brilham. Oferecem 3 horas reprodução contínua e até 17 horas na totalidade na caixa. No entanto, podem ser facilmente carregados por USB tipo C ou por carregamento sem fios.

Disponíveis em branco, preto e amarelo, trazem efetivamente opções para todos os gostos. Com um preço anunciado na Índia de 3999 rúpias (cerca de 51 euros), ficamos à espera do seu anúncio na Europa por um preço pouco inflacionado. Se assim for, terão tudo para vingar.

Editores 4gnews recomendam:

Bruno Coelho
Bruno Coelho
O Nokia 3650 foi o primeiro grande mergulho no mundo tecnológico. Se o Football Manager e o cinema são dois dos seus escapes, o Macbook Pro é o melhor amigo. Escrever sobre tecnologia é o processo natural na vida de alguém que come especificações ao pequeno-almoço.