Quanto custa construir um Samsung Galaxy Z Fold4?

Mónica Marques
Comentar

Uma das características dos smartphones dobráveis é o seu preço elevado. Uma das justificações das marcas para este preço alto é o custo de produção de cada um destes modelos.

Agora uma empresa de análise a equipamentos móveis revelou o custo que a Samsung tem em cada unidade produzida do Samsung Galaxy Z Fold4.

Cada Galaxy Z Fold4 custa cerca de 630 euros à Samsung

Samsung Galaxy Z Fold4
O Samsung Galaxy Z Fold4 foi lançado no mercado em agosto deste ano Crédito@Samsung

São poucas as marcas que dispõem de modelos no segmento de smartphones dobráveis. Mas desde a líder deste mercado Samsung até à estreante OPPO, passando por outras marcas como a Huawei, todas apresentam equipamentos com um custo que não está acessível a todas as carteiras.

Uma das justificações para os preços elevados praticados relaciona-se com o custo de produção de cada uma destas unidades. Agora a empresa de análise a equipamentos móveis Fomalhaut Techno Solution descobriu e está a divulgar o custo de produção de cada unidade do Samsung Galaxy Z Fold4.

De acordo com a referida empresa, a Samsung tem um custo de aproximadamente 630 euros na construção de cada modelo envolvido. Estes 630 euros abrangem somente o custo de produção. Depois há que juntar todos os gastos em distribuição e campanhas de marketing.

Infelizmente, a empresa Fomalhaut Techno Solution não divulgou estes últimos valores, não os tendo também acrescentado às contas.

Em Portugal, o Samsung Galaxy Z Fold4 está disponível em três variantes e consequentemente tem três preços distintos. No site da marca, temos a seguinte informação disponível:

  • 12 GB + 256 GB – € 1.759,90 (preço sem desconto ou retoma)
  • 12 GB + 512 GB – € 1.879,90 (preço sem desconto ou retoma)
  • 12 GB + 1 TB – € 2.049,90 (preço sem desconto ou retoma)

Contas feitas e juntando possíveis despesas relacionadas com campanhas de marketing, metade do valor do custo final de cada equipamento fica, desde logo, reservado à sua construção e promoção.

Apesar de percebermos que a Samsung consegue realizar uma margem de custo significativa, percebemos a razão do preço elevado do terminal. Especialmente, se juntarmos à equação possíveis descidas no preço de venda final ao público, ditadas por promoções ou por lançamento de sucessores do equipamento.

Estendendo esta realidade às restantes marcas presentes no mercado de smartphones dobráveis, justificamos o custo elevado, pelo qual este segmento se caracteriza.

Editores 4gnews recomendam:

Mónica Marques
Mónica Marques
Como jornalista de tecnologia assistiu à chegada do 3G e outros eventos igualmente inovadores no mundo hi-tech ao longo de mais de 20 anos de carreira. Email:monicamarques@4gnews.pt