Preparado? MEO, NOS e Vodafone aumentam preços a partir de fevereiro

Bruno Coelho
Comentar

A inflação vai começar a ser sentida pelos clientes das principais operadoras em Portugal. O primeiro anúncio foi feito por Ana Figueiredo, CEO da Altice Portugal. À data prometiam-se aumentos de 7,2% no início do mês de fevereiro.

Aumentos na NOS e MEO entram em vigor em fevereiro

Agora tem-se como referência a taxa de inflação de 7,8%, e será esse o aumento que os clientes MEO podem esperar no global da sua fatura. Mas se fores cliente NOS ou Vodafone, podes esperar aumentos semelhantes.

meo nos vodafone

No caso da NOS, esta revelou em dezembro que "os novos preços entrarão em vigor a 1 de fevereiro de 2023 e cada cliente poderá consultar a sua atualização específica no site da NOS, a partir de 23 de janeiro de 2023”.

Sem revelar uma percentagem concreta do aumento de preços, acredita-se que possa seguir a base de 7,8% da inflação. Até porque será esse o caminho que a Vodafone também vai seguir.

Aumentos sentidos na Vodafone a partir de 1 de março

Numa nota divulgada no seu site oficial, a Vodafone afirma que será disponibilizada informação sobre os novos preços dos seus serviços a partir de 30 de janeiro. Mas os aumentos só serão sentidos a partir de 1 de março.

“A Vodafone Portugal irá atualizar o preço dos serviços de telecomunicações prestados aos seus clientes a partir de 1 de março de 2023, com um aumento máximo de 7,8% no valor global da fatura, conforme os serviços subscritos e de acordo com os termos e condições previstos no respetivo contrato”, pode ler-se.

Estes aumentos dos preços das telecomunicações refletem assim o aumento do custo de vida que se tem verificado ao longo dos últimos meses. Para o cliente, isto pode significar um aumento de pelo menos 2 € num serviço TV+Net+Voz ou 4 € se também tiver telemóvel associado à mesma fatura (estimativas estas feitas pela MEO em outubro do ano passado).

Editores 4gnews recomendam:

Bruno Coelho
Bruno Coelho
Vive entre a paixão pela escrita, a música e a tecnologia. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior em 2015, e fez parte da equipa que fundou o Jornal de Belmonte. Produziu vários podcasts independentes pelo caminho. Colabora com a 4gnews desde 2017, e faz parte da redação desde 2019. Come especificações ao pequeno-almoço. brunocoelho@4gnews.pt