Performance do Huawei Ascend P7 desmascarado.

Carlos Torres
Imagem proveniente da página huaweiclub
Imagem proveniente da página huaweiclub

Infelizmente actos como este começam a ser repetitivos, marcas conhecidas de renome recorrem a processos menos dignos na tentativa de superar a concorrência, mentindo nos resultados de benchmark. Agora foi descoberto que o Ascend P7 e consequentemente a Huawei não estão a fazer jogo limpo. O procedimento é simples, normalmente o smartphone ao aperceber-se que está a "rodar" um destes programas, acciona automaticamente todos os núcleos de CPU e mantém-os a trabalhar a todo vapor durante o teste. Embora tecnicamente o resultado seja representativo da capacidade, isto pode de certa forma ser um reflexo do que o dispositivo é capaz no seu uso regular do dia a dia. E a maneira de descobrir é por vezes relativamente simples, basta renomear a aplicação de benchmarking para o smartphone não a reconhecer, foi este o caso.

O site AnandTech fez alguns testes, executando duas aplicações no Ascend P7, em seguida, renomeou-as e executou-as novamente e surpresa das surpresas os resultados foram totalmente diferentes. Com o GFXBench T-Rex o resultado foi de 12,3, depois de renomeada, os resultados caíram para 10,6 isto é um aumento de 16% no desempenho. Um pouco mais drástico foi com o com Ice Storm 7.462 pontos e depois de renomeada foi de 5816, uma diferença de 28,3%.

GFXBench_AntiCheat_P7_575px1.pngGFXBench_AntiCheat_P7_Cores_575px3.pngGFXBench_PlayStore_P7_575px2.pngGFXBench_PlayStore_P7_Cores_575px4.png

E a descoberta deste acto começa ter repercussões, o site Futuremark conhecido pelas benchmarks de computadores, smartphones e tablets eliminou o dispositivo Huawei Ascend P7 assim como os resultados da sua base de dados.

O Ascend P7 é alimentado por um processador da Huawei o Kirin 910T, de lembrar que este surpreendeu pelos excelentes resultados quando chegou ao mercado, assim como o desempenho do P7, por isto, não deixa de ser decepcionante ver a Huawei ter atitudes como a Samsung, HTC e Asus já o tiveram num passado recente. Deixa a tua opinião aqui ou na nossa pagina no Facebook, e subscreve o canal no Youtube. Aplicações para Android 4GNews.pt Windows Phone 4GNews 8 e 8.1

fonte 1, 2