PC gaming está em alta! Steam tem mais utilizadores que PlayStation e Xbox

Abílio Rodrigues
Comentar

A Valve apresentou o seu habitual relatório de estatísticas da sua plataforma Steam relativas ao ano anterior, e os números não podiam ser mais esclarecedores. O ano de 2020 foi mau em muitos aspetos mas foi excelente para o PC como plataforma de videojogos, influenciado pelo cenário pandémico mas também pelo lançamento de jogos muito aguardados.

Títulos como Cyberpunk 2077 contribuíram muito para este crescimento, mas o grosso deste resultado terá origem no facto de mais pessoas estarem em casa. Com mais tempo livre houve quem se dedicasse ao entretenimento, com os videojogos a serem dos bens mais procurados.

Steam é a plataforma de eleição para o PC gaming

Dados da Steam relativos a 2020

Em comparação com o ano de 2019 as vendas na Steam subiram 21% e desta feita parece que as pessoas decidiram mesmo jogar os títulos que compraram.

Em 2020 a plataforma ultrapassou os 120 milhões de utilizadores ativos, fazendo do PC a maior plataforma gaming do mundo superando as consolas. Comparativamente, a PlayStation registou 107 milhões de utilizadores ativos e a Xbox ficou-se pelos 90 milhões.

Outros números interessantes e reveladores de enorme crescimento são uma média de 62.6 milhões de jogadores ativos por dia e o recorde de 24.8 milhões de jogadores em simultâneo nos servidores da Steam em dezembro passado.

Quem goza também de cada vez maior popularidade na Steam são os comandos, com 46.6 milhões de pessoas a recorrerem a essa arma de jogo.

O número de jogadores ativos durante o ano passado traduziu-se ainda em 25.2 exabytes de downloads (1 exabyte equivale a um milhão de terabytes), com um tráfego de downloads que chegou a ser superior a 52tbps.

Steam quer continuar a crescer

Dados da Steam VR

Quem também teve direito a um crescimento significativo foi a plataforma de realidade virtual da Valve, o SteamVR. No ano passado registaram-se 104 milhões de sessões VR e quase 2 milhões de novos utilizadores deste tipo de dispositivos. As receitas neste nicho subiram 71%, justificando o investimento continuado no SteamVR.

A Valve olha também para o futuro e já traçou a sua estratégia para 2021. O próximo grande objetivo é disponibilizar a Steam na China, aproveitando para afinar a experiência do utilizador.

Será ainda feito um investimento na melhoria da aplicação móvel da plataforma e na segurança, com ênfase especial no login e proteção das contas.

A aposta da marca no Linux será também reforçada, explorando novas formas de levar mais jogos para o sistema operativo e para cada vez mais jogadores.

Editores 4gnews recomendam:

Abílio Rodrigues
Abílio Rodrigues
Apaixonado por tecnologia desde que montou o seu primeiro computador, continua em fase lua-de-mel com tudo o que envolva um processador e permita umas sessões videolúdicas.