Asus ZenFone AR
Asus ZenFone AR

A AsusTek Computer, ou simplesmente Asus, está com grandes expectativas para os próximos anos. De acordo com um novo relatório do Digitimes (fonte), a marca de Taiwan quer duplicar o número de Zenfone’s vendidos até 2020.

Vê ainda: Telegram: rival do WhatsApp vai te deixar fazer chamadas!

35 a 40 milhões de smartphones e dispositivos móveis vendidos por ano, esse é o objectivo que a Asus quer atingir até 2020, obtendo assim cerca de 3% de todo o mercado de smartphones e dispositivos móveis (mercado mobile). Resta saber se o público partilhará das expectativas tão positivas da marca.
Em 2016 a Asus vendou cerca de 20 milhões de equipamentos, um número bastante impulsionado pela sua linha mais atraente, os “ZF” 3, equipamentos com uma boa relação qualidade/preço e com um belo design. De acordo com o CEO, Jerry Shen, os Asus “ZF” 4 serão apresentados na segunda metade do ano.

   

Note-se ainda que na CES 2017 a Asus apresentou alguns smartphones dignos de nota, começando pelo novo “Zoom”, equipamento de gama média com uma enorme bateria e especialmente concebido para os adeptos da fotografia. Arrisco dizer que esta foi a marca com melhores smartphones apresentados durante a CES Las Vegas 2017.

Sem esquecer o novo Asus “AR”, o primeiro smartphone do mundo com 8GB de memória RAM, um processador Snapdragon 821, ecrã Super AMOLED de 5,7 polegadas com resolução 2560×1440, tecnologia Google Tango de Realidade Aumentada e Google Daydream para Realidade Virtual.

Asus ZenFone AR
O impressionante mundo da Realidade Aumentada – Projeto Tango

Este novo smartphone pode ser emparelhado com um headset (óculos) para te proporcionar sessões de realidade virtual. Em suma, um impressionante equipamento com alguma da melhor e mais inovadora tecnologia de ponta que o mercado tem para oferecer.

Novos ZenFone’s para o Brasil?

Os novos lançamentos são apenas um indicador de que muito mais está para vir no que toca aos smartphones Asus. A marca tem sido muito bem recebida no mercado brasileiro e está agora a dar os primeiros passos no mercado nacional, sendo já louvados pelo preço, especificações e design. A sua interface (ZenUI) parece ser o único obstáculo para alguns utilizadores.

Uma forte aposta em marketing, aliada a um bom valor dos seus produtos tem feito da Asus uma das principais escolhas no mercado de gama média brasileiro. Na europa a marca de Taiwan também se tem vindo a afirmar como concorrente a nomes sonantes como a Alcatel, BQ, Wiko, Huawei e Samsung.

No ano passado a Asus teve um crescimento de 5% nas vendas de smartphones, chegando a crescer cerca de 20% em alguns mercados. Vemos também que um dos mercados em que a Asus apostará será o chinês, para além de outros mercados emergentes como o sul-americano pelo que podemos esperar novos equipamentos para o Brasil ainda este ano.

Talvez queiras ver:

Estas são as características do Samsung Galaxy J7 (2017)

O Android Nougat poderá chegar em breve ao teu sony!

Líder da Samsung enfrenta alegações de corrupção e suborno