Oppo pode ser a primeira a lançar um smartphone com sete câmaras. Conhece o conceito

Carlos Oliveira
Comentar

Longínquos vão os tempos em que uma câmara na traseira do smartphone era suficiente para satisfazer as necessidades dos utilizadores. Atualmente, temos já no mercado modelos com cindo lentes incorporadas, mas esse número poderá ser ultrapassado.

A Oppo registou uma patente junto das entidades competentes chinesas para um smartphone com sete câmaras na traseira. Assim sendo, a chinesa poderá ser a primeira a lançar um equipamento com este número de lentes.

Oppo sete câmaras

Como pode ver-se pelas imagens, existem duas possibilidades para alojar estas câmaras. A primeira consiste no tradicional módulo redondo, ao passo que a segunda retrata um módulo hexagonal.

Em ambos os casos, a estética inerente é algo que poderá não ser a mais apelativa. Claro que os gostos são relativos, mas temos de ser sinceros que aquilo que aqui está retratado foge um pouco da definição de elegância.

Já na parte frontal, temos uma abordagem bem mais convencional. O seu ecrã possui margens bem reduzidas e recorre à tradicional notch em gota para alojar a câmara frontal.

Oppo patente

Sete câmaras não é o único avanço tecnológico desta patente

Analisando esta patente, podemos ver que o smartphone aqui retratado carece de qualquer botão ou entrada. Não existe sequer uma coluna para a reprodução de som.

Para a reprodução de som, a Oppo poderá socorrer-se da vibração do ecrã para o efeito. A Xiaomi já o fez no Mi Mix original, portanto, não seria estranho caso a sua conterrânea seguisse o exemplo.

Já a falta de botões e uma entrada para carregamento abrem portas para aquilo que podemos chamar de smartphone do futuro. Os botões físicos podem facilmente ser substituídos por semelhantes sensíveis ao toque, enquanto a bateria poderá ser carregada por tecnologia sem fios.

A submissão de uma patente não obriga a empresa a enviar essa tecnologia para o mercado. Ou seja, este documento não significa que um smartphone com sete câmaras será mesmo lançado pela Oppo, mas mostra que a chinesa está a pensar nesse conceito.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.