OnePlus 5T não é afectado pelo Efeito Gelatina que assolou o OnePlus 5

Rui Bacelar
OnePlus 5 efeito gelatina OnePlus 5T Smartphone Android
Novo smartphone com melhorias que fazem a diferença?

Foi uma das maiores maleitas do smartphone OnePlus 5 e durante semanas não se falava de outra coisa. O efeito gelatina assolou o antigo OnePlus mas felizmente não está presente nos novos OnePlus 5T e isso, só por si, é uma benesse e um sinal de que a marca deu efetivamente ouvidos às queixas dos seus utilizadores. Mas, o que é que estava a causar este efeito gelatina?

Vê ainda: 20 Apps agora gratuitas na Google Play Store para o teu Android

Este efeito que pode ser ilustrado pela imagem abaixo apresentada não estava a afetar todas as unidades. O equipamento que adquiri para uso própria não apresentou o efeito gelatina mas por sua vez, a unidade que chegou às mãos do Filipe Alves já apresentava esta situação.

OnePlus 5T não será afetado pelo efeito gelatina do OnePlus 5

O efeito gelatina podia ser facilmente observado ao navegar por uma página da web ou simplesmente pelo teu feed de Instagram ou a ler algum documento.

Algo que, segundo consta, era causado pela montagem invertida dos ecrãs, dos display's nos equipamentos OnePlus 5 para que sobrasse espaço para o módulo de câmara dupla, uma das grandes novidades do antigo topo de gama, apresentado em junho deste ano e que ainda agora é um dos mais poderosos Android's em circulação.

Jelly Oneplus 5 GIF - Find & Share on GIPHY
Via GIPHY

Tratava-se de uma falha impossível de reparar com uma atualização de software e isto teve obrigatoriamente algumas repercussões para a marca, valendo-lhe algumas críticas fundamentadas.

Felizmente, o novo topo de gama OnePlus 5T não parece estar a sofrer com este efeito gelatina, segundo as conclusões apresentadas na comunidade de programadores indepentendes, a XDA Developers e avançadas também pelo popular site de tecnologia, o phonearena.

Estas conclusões foram obtidas através da análise do código kernel, o código que medeia a integração do software com o hardware, chegando assim à conclusão de que o novo display AMOLED de 6 polegadas utilizado no OnePlus 5T não estava invertido, não estava de "pernas para o ar" como sucedia no OnePlus 5.

Em suma, isto permite-nos concluir que o novo smartphone não enfrentará estas queixas relativas ao seu ecrã, algo que deixará os consumidores e fãs da marca um pouco mais felizes, disso não tenho dúvidas.

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Quando não está a escrever um artigo ou a gravar algum vídeo, o Bacelar tem por hábito saborear um bom livro, descobrir novas bandas sonoras ou simplesmente desfrutar do sol, na companhia de quem mais gosta (MM).