OnePlus 11: há 5 (boas) razões para o comprar em 2023

Rui Bacelar

O primeiro smartphone equipado com o novo Snapdragon 8 Gen 2 da Qualcomm a estrear em 2023 é o OnePlus 11. O telefone estreou neste início de janeiro após semanas de fugas de informação, chegando em primeiro lugar à China e posteriormente à Europa a partir do dia 7 de fevereiro.

Em seguida damos a conhecer os principais destaques, inovações e possíveis motivos para comprar este telemóvel em Portugal. Segundo as informações oficiais, a chegada aos mercados globais não tardará, chegando durante o 1.º trimestre de 2023.

1. Design arrojado e ecrã cativante no OnePlus 11

OnePlus 11

Em primeiro lugar temos uma nova linguagem de design, ousada e, na opinião deste vosso autor, agradável. É diferente o suficiente para me atrair, veterano destas andanças e manifestamente farto de telefones todos parecidos uns com os outros.

A sua apresentação, repleta de vigor, traz a tão necessária vivacidade que carateriza a empresa com um novo produto vistoso para 2023. Em causa está um smartphone Android construído em metal (liga de alumínio na estrutura) e vidro, a revestir as suas faces.

Os consumidores poderão optar pelo acabamento em verde e preto, com diferentes texturas de acabamento, mais suave e brilhante no tom verde e algo áspero e evocativo do SandStone Black no tom escuro.

smartphone OnePlus 11

Em todo o caso, basta olhar para a sua face e contemplar o ecrã de 6,7 polegadas, margens curvas, tecnologia OLED LTPO 3.0 com resolução Quad-HD+ para ficar perplexo. Temos também uma taxa de atualização variável entre o 1 Hz até aos 120 Hz, num total de 1 400 x 3 216 pixeis para uma ótima densidade de pixeis por polegada (525 ppp).

Conforme as informações avançadas pela OnePlus, a marca chinesa trabalhou diretamente com a Samsung para otimizar o processo de produção e calibração destes ecrãs. Como resultado, têm um ecrã 2,75D num painel curvo com suporte para Dolby Vision. É, aliás, o 1.º smartphone com suporte para este padrão de qualidade visual ímpar.

2. Especificações topo de gama no smartphone Android

OnePlus 11

A nova ilha de câmaras fotográficas, dinâmica e envolvente e impressionante, mas não se deixem enganar, o interior é tão ou mais cativante e poderoso. Prova disso são as suas especificações com, essencialmente, tudo o de bom e de melhor no mercado.

Em primeiro lugar, liderando as hostes e garantindo que este é um dos smartphones mais rápidos e poderosos do ano, temos o SoC topo de gama da norte-americana Qualcomm. Sem mais, o Snapdragon 8 Gen 2 com litografia de 4 nm.

O chipset em questão, com modem 5G e gráfica Adreno 740 é composto por 8 núcleos de processamento. Tem uma frequência máxima de 3.2 GHz no núcleo de maiores dimensões. Tem ainda 3 núcleos a 2,8 GHz, bem como 4 núcleos a 2 GHz.

OnePlus 11
A fabricante chinesa lançou também os novos auriculares Bluetooth OnePlus Buds Pro 2.

O OnePlus 11 pode ser configurado com 256 GB ou 512 GB de armazenamento interno UFS 4.0. Pode também ser configurado com 12 GB ou 16 GB de memória RAM LPDDR5X.

Temos ainda uma bateria com 5 000 mAh de capacidade e carregamento rápido a 100 W incluído na caixa. O leitor de impressões digitais está embutido sob o ecrã, como aliás é de esperar num smartphone de gama alta.

3. Câmara fotográfica tripla com assinatura Hasselblad

OnePlus 11

As câmaras Hasselblad, ou melhor, o branding continua bem visível na traseira do smartphone. Mais uma vez, a lendária marca de fotografia terá emprestado a sua sabedoria para o novo OnePlus 11, ainda que seja necessário o teste ao produto para apurar o seu mérito na captação de fotografia e vídeo.

De qualquer modo, as caraterísticas impressionam (mais uma vez). Temos aqui o sensor Sony IMX890 com 50 MP na câmara principal. Temos também um sensor de 48 MP com a objetiva ultra grande angular. Por fim, temos uma câmara telefoto de 32 MP com ampliação ótica de 2x (zoom ótico).

A câmara fotográfica frontal tem 16 MP com abertura focal de f/2,4 com objetiva grande angular, equivalente focal de 25 mm.

OnePlus 11

O smartphone OnePlus 11 conta também com o maior motor de vibração e feedback alguma vez empregue num smartphone Android de modo a providenciar a melhor resposta tátil e vibratória. Este é outro dos seus trunfos e, conforme a ficha técnica, a câmara de vibração e respetivo motor têm um volume acima de 600mm³.

Para o utilizador isto traduzir-se-á numa melhor sensação vibratória em jogos, alertas e outros cenários. Ademais, temos também o interruptor das notificações de volta, o Allert Slider, algo apreciado pelos fãs da marca.

4. Experiência de jogo no smartphone a 120 fps

OnePlus 11

A fabricante garante que o OnePlus 11 é o primeiro smartphone a entregar uma apresentação de conteúdos a 120 fps, tirando todo o partido o seu ecrã com alta taxa de atualização e do processador. Algo que se traduzirá também em jogos com até 120 fps!

A OnePlus terá alcançado este feito ao trabalhar em parceria com a PixelWorks que lhe terá fornecido um chip "de qualidade profissional para fazer a renderização e processamento gráfico dos cálculos necessários para jogos a baixa energia".

Por outras palavras, o smartphone OnePlus 11 estará entre os primeiros, senão mesmo o primeiro smartphone Android a entregar uma experiência de jogo a 120 fps. Pelo menos, esta é a promessa da fabricante, um forte apelo aos jogadores.

5. Há muito mais para gostar no OnePlus 11, mas nem tudo é perfeito.

OnePlus 11

Em primeiro lugar, falta-nos a certificação IP68, uma presença comum em todo e qualquer topo de gama digno desse título. Porém, é possível que a versão global do smartphone colmate esta lacuna. De momento não o sabemos.

Por outro lado, o OnePlus 11 chegará à Europa com a OxygenOS 13 baseada no Android 13, uma das interfaces mais leves, rápidas e focadas na utilização simples mas agradável e completa do telefone. Se não ficou óbvio pela descrição, sou um fã desta UI.

A grande incógnita é agora o preço para a Europa. Porém, estamos muito tentados com os valores praticados no seu mercado doméstico, a China.

  • 12 GB de RAM + 256 GB de armazenamento interno: equivalente a 547 €
  • 16 GB de RAM + 256 GB de armazenamento interno: equivalente a 602 €
  • 16 GB de RAM + 512 GB de armazenamento interno: equivalente a 670 €

Os valores para a Europa estarão mais próximos dos 900 euros para a versão base e dos 1 200 euros para a versão de topo, mas claro, temos que aguardar pelo seu lançamento global no início de fevereiro.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. Ocupa-se com a atualidade tecnológica na 4gnews. Email: ruibacelar@4gnews.pt