Web, Internet e Deep Web. Vamos dar uma olhadela a cada um deles. Este é daqueles artigos que me vai fazer suar. Bem, todos os dias navegamos em algo chamado web e internet. Vamos ao Facebook e vamos ao twitter… Mas afinal como é que isto tudo surgiu?

A Internetwork, como foi inicialmente chamada, foi criada em meados de 60 por mentes brilhantes que queriam “unir” os computadores da altura numa só rede para que pudessem interagir uns com os outros. A palavra internetwork não demorou muito e no documento abaixo vimos que em 1974 foi então mudado o nome para internet!

Vê ainda: 7 aplicações de edição de fotos para melhorar o teu Instagram

Além de Internet e Web temos ainda outra coisa, como a DEEP WEB que retêm mais de 80% da informação escondida na internet.

Internet e Web são coisas diferentes? Muito, internet chamemos-lhe assim, aquilo que liga pessoas de uma lado ao outro. A Web é o que liga informação de um lado ao outro, por exemplo ao clicarem AQUI vai levar-vos ao nosso canal do youtube, eu estou a criar uma WEB. Uma espécie de teia que liga o nosso website a um outro ponto de informação. Internet permite-me ligar a outro PC, comunicar com outro dispositivo mesmo a longa distância.

Internet, Web e Deep Web. Uma explicação rápida

Em 29 de Outubro de 1974 ás 22:30h a primeira mensagem foi enviada pela internet. Leonard Kleinrock e uma equipa de UCLA enviaram para Stanford. A palavra era LOGIN, enviaram o “L” e enviou o “O” e enviou.. Logo de seguida o sistema crashou e deixou de funcionar, mesmo assim podemos admitir que as primeiras letras enviadas pela internet foram “LO”.

image_preview

 

A internet estava inventada e a imagem abaixo foi a primeira daquilo que chamamos “Internet”. Contudo, as coisas estavam confusas, nada era certo. Para conseguir is buscar algum tipo de informação tinham de seguir um caminho certo sem nunca cruzar outro tipo de informação.

Screen Shot 2014-05-08 at 14.57.51

Imaginemos, que querem saber o resultado do Vitória de GUIMARÃES (orgulho vitoriano a falar). Procuravam e dava o resultado. Se quisesses logo de seguida saber quem marcou os golos e em que lugar na tabela a equipa estava, teriam de fazer mais pesquisas.

Se naquele texto não estivesse a informação terias de fazer novas pesquisas. Nos dias de hoje quando vamos a um website de futebol tem tudo descrito, enquanto leio o resumo do jogo, ao meu lado direito tem a tabela classificativa e ao lado esquerdo os melhores marcadores. Isso é a Web.

O que é a WEB

Procurar daquela forma era aborrecido e aborreceu a pessoa certa, Tim Berners-Lee. Em Março de 1989, decidiu fazer um cronograma de como fazer isto funcionar melhor. Este trabalho chamado “Information Management: A Proposal“.

Screen Shot 2014-05-08 at 15.35.16

Este pedaço de papel fez da internet lógica e muito mais funcional, tal como nos dias de hoje. A ideia dele foi simplesmente ligar a informação como um teia, em vez de pesquisar várias vezes coisas diferentes, ter a possibilidade de estas estarem interligadas.

Sendo assim, um artigo poderia ter várias informações, tal como este artigo com uma meia-dúzia de links para outros sites. O que fazemos é fazer o que Tim Berners-Lee inventou.website-connections-300x225

Para ser ainda mais preciso, já existiam um tipo de “links” chamados “Hypertext” mas não eram lógicos, nada fazia sentido. Tim Berners-Lee fez com que estes links se ligassem a Internet, fazendo dela o que é hoje.

timbl-next

Este foi o primeiro computador que  Tim Berners-Lee usou para fazer as ligações Web. Aquilo que fazia com que a internet e Web comunicassem, se este PC fosse desligado a internet deixava de funcionar.

O primeiro Website a existir foi http://info.cern.ch/ e hoje proporciona um emulador de como era a internet quando se construíu.

Ok, Web e Internet entendido? Agora vamos só dar um cheiro daquilo que é Deep Web.

Deep Web.

(Se és sensível por favor não continues a ler)

Encaremos a internet como um oceano. Agora imaginem que estão na praia a olhar para o horizonte, ok isso é a internet. Tudo aquilo que não conseguem ver. Mas para lá do horizonte o oceano continua. Isso é aquilo em que podemos chamar de DeepWeb.

A DeepWeb é a parte de internet escondida dos motor de busca. DeepWeb tem cerca de 80% da informação na internet.

deepweb343

Instalei uma altura a DeepWeb só para satisfazer a curiosidade. Fiquei burro com o que lá encontrei. Aquilo ainda é complicado de procurar para um normal utilizador de internet, não tem um motor de busca todo catita que te diz tudo e mais alguma coisa. Tens de ir cavando para conseguir chegar aquilo que queres.

Não sei como dizer isto de forma simples, mas é algo assustador. Tem tudo. TUDOOO. Mesmo que nojento e sinistro.

A imagem abaixo é uma ideia de como as coisas funcionam, imaginem um fóruns cheio de links, vão se ligando aos links e encontrando aquilo que nunca imaginaram.

O que podemos encontrar na Deep Web?

Podemos encontrar Apple Store de produtos roubados, indicava que modelo querias e a pessoa do outro lado rouba e envia-te;

Como contratar um assassino, vi vários na zona de Nova York a cobrar de 30 Mil a 50 Mil;

Temos links de decapitações, suicídios, experiências em humanos, canibalismo e ainda links de pornografia infantil. Pode-se encontrar de tudo.

holocausto-canibal-1980-1

Snuff1

picture-107

Ao fazer este tipo de ligações deves instalar algo que te mude o IP 50 em 50 Segundos. A não ser que queiras que a polícia te bata à porta. É com a Deep Web que o FBI apanha muitos endereços de IP de violadores, ladrões e assassinos e por aí fora.

Web, Internet e Deep Web. O nome é idêntico mas o significado é muito diferente.

Editores 4gnews recomendam:

Como melhorar o desempenho do teu smartphone Android em 5 minutos

WhatsApp Android: Faz uma cópia das tuas conversas ou serão apagadas

Xiaomi: 10 produtos da marca por menos de 50€ que tens de conhecer

Fundador do projeto 4gnews, sempre olhei para a tecnologia como um pedaço de nós. Desde cedo ligado ao mundo tecnológico, este é literalmente o meu trabalho de sonho. Amante de vinho e apaixonado pelo meu Vit. Guimarães, acredito ainda que todas as nossas acções são o gatilho para o nosso futuro.