Toshiba camera modulesDepois de a equipa ATAP da Google ter anunciado na conferência de desenvolvedores em Janeiro que o Project Ara irá estrear em Puerto Rico provavelmente no 2º trimestre deste ano, para que se adquiram todas as informações necessárias para que o projeto esteja preparado para atingir o mercado mundial, temos tido conhecimento de mais e mais módulos que realmente irão compor e dar funcionalidade ao smartphone modular.

A Toshiba é um dos fabricantes que tem estado muito envolvido neste projeto, desde o fabrico de componentes para os protótipos Spiral, e agora, até ao desenvolvimento de módulos. A empresa sediada no Japão mostrou ao público 3 câmaras-módulo que irão integrar o Project Ara, uma frontal de 2MP e duas outras traseiras de 5MP e 13MP de tamanho 2×1.

O módulo frontal, para além da câmara, está equipado também com altifalantes, o que será bastante útil e o módulo traseiro de 13MP, baseado no sensor móvel da empresa T4K82, permite gravar 4K e 2K a 30fps e 1080p a 120fps. Para além deste sensores a Toshiba possui outros de 8MP e 20MP que podem muito bem também fazer deste projeto, dando ao Project Ara já uma certa versatilidade. Mas estes módulos são apenas uma pequena parte daquilo que a Toshiba pretende trazer a este projeto, a empresa já está a desenvolver módulos de referência para carregamento sem fios, TransferJet, NFC e de memória externa, e digo módulos de referência pois, a mente aberta à partilha deste projeto, faz com que a Toshiba partilhe o design destes módulos a outros desenvolvedores para que estes os possam usar a seu proveito, e desenvolver novos módulos.

   

No vídeo abaixo podem ver o módulo de 5MP a ser e ligado e usado em tempo real.

https://www.youtube.com/watch?v=Mo4GeSil9fU

A SolidEnergy, uma empresa Startup, também pretende contribuir para o Project Ara, nomeadamente com uma bateria. Esta empresa revolucionou o fabrico de baterias, com a suas próprias baterias que oferecem a mesma capacidade por metade do tamanho, isto é uma mais vália para o Project Ara visto que o espaço para as baterias, que também vão ser módulos, é limitado pelos outro módulos fulcrais ao funcionamento do smartphone, dando assim ao Ara uma maior e muito necessitada autonomia.

Bateria project AraAcho que os nossos leitores já sabem que iremos marcar presença na MWC em Barcelona, e posso adiantar que, o Project Ara também estará presente juntamente com os seus vários módulos e nós, 4GNews, iremos, se possível, fazer-lhes uma visita.

É interessante ver o que, à anos, nem sequer se tinha sido pensado ser possível, agora a concretizar-se e a torna-se cada vez mais real, e provavelmente daqui a um ano teremos nas nossas mãos os nossos próprios smartphones modulares. Aqui no 4GNews estaremos, com certeza, atentos a mais notícias sobre o Project Ara.

Mais sobre o Project Ara:

Diz o que tens em mente nos comentários abaixo. E que tal ajudares um projeto Português? Sabe mais

Queres ser nosso amigo? Segue-nos nos meios de comunicação.

Membro do 4GNews há já 1 ano e estudante no 12º ano. Se bem me lembro , comecei a interessar-me por smartphones e outras coisas desde o momento que consegui perceber do que realmente se tratavam! Tive imensa sorte e encontrei este site, mandei um email e aqui estou a escrever para a 4GNews - um site originalmente PORTUGUÊS.