Nothing Phone (1) confirma as melhores caraterísticas na Geekbench

Rui Bacelar
Comentar

À medida que nos aproximamos da apresentação oficial do smartphone inaugural da Nothing, o Nothing Phone (1), as fugas de informação intensificam-se, tanto em quantidade como em conteúdo. Com efeito, vemos agora o smartphone a confirmar as suas caraterísticas técnicas mais importantes como, por exemplo, o processador Snapdragon 778+ da Qualcomm.

Esta confirmação emana da sua passagem pela plataforma de testes e benchmarks, Geekbench. É aqui que uma boa parte dos novos telemóveis vêm testar as suas capacidades antes de serem apresentados. O melhor de tudo? Estas rondas de testes são acompanhadas por um registo das principais especificações de cada produto, servindo assim de confirmação.

O Nothing Phone (1) usará o chipset Snapdragon 778+ da Qualcomm

Nothing Phone (1)
Captura de ecrã do vídeo de MKBHD sobre o Nothing Phone (1).

A listagem apresentada em seguida mostra-nos a quantidade de memória RAM presente na versão testada do smartphone, bem como a respetiva pontuação nestes testes. Temos também a descrição técnica do processador, sem detalhar o nome do modelo, mas especificando as suas caraterísticas gerais. Para além disso, é também indicada a versão do sistema operativo em uso.

Assim sendo, temos aqui o Snapdragon 778+ da Qualcomm (pela descrição nuclear). O telemóvel apresenta o nome de código "Lahaina" e tem uma frequência máxima de processamento a 2,52 GHz que deve representar o núcleo de maior potência e maiores dimensões deste chipset. Temos também três núcleos adicionais com frequência máxima de 2,4 GHz.

Para além disso temos também a referência a quatro outros núcleos com frequência máxima de processamento a 1,80 GHz, referindo-se aqui aos núcleos de menores dimensões e mais eficientes.

Até 8 GB de memória RAM e o sistema operativo Android 12 da Google

Nothing Phone (1)
Listagem na plataforma Geekbench atribuída ao smartphone Nothing Phone (1).

Importa frisar que o processador Snapdragon 778+ é, como o nome sinaliza, uma iteração superiora ao Snapdragon 778, em si um chipset de gama média / alta. Temos algumas melhorias de desempenho, nomeadamente um núcleo principal com frequência máxima a 2,5 GHz, face aos 2,4 GHz da versão anterior. Para além disso, temos melhorias de 20% na gráfica graças à Adreno 642L.

Em síntese, apesar de este não ser um chipset de gama alta, muito menos um topo de gama, não temos a menor dúvida de que o desempenho pode ser excelente, se conjugado com um bom software. Prova disso são as pontuações obtidas pelo smartphone Nothing Phone (1) com 797 pontos nos testes single-core e 2803 pontos nos testes multi-core.

Mais ainda, o uso deste processador permitirá à Nothing manter um preço competitivo para o produto. Algo que, aliás, pode ser de crucial importância para a fabricante se afirmar no mercado nesta primeira fase. Sabemos também que o telefone terá o sistema operativo Android 12 da Google, com a sua interface própria.

O smartphone Nothing Phone (1) só poderá ser adquirido com convite

Ficamos também a saber que, tal como nos primórdios da OnePlus, empresa co-fundada por Carl Pei, atual CEO da Nothing, o produto só poderá ser adquirido mediante convite. É um garante de exclusividade e, para a empresa, uma forma eficaz de gerir o volume de produção e garantir que não ficam com (muitas) unidades sobrantes nos seus armazéns. Esta tese é avançada agora pelo portal XDA Developers e revela-se perfeitamente plausível.

Note-se ainda que a publicação refere "vendas iniciais", pelo que numa fase posterior o telemóvel Nothing poderá ser vendido como qualquer outro dispositivo móvel no mercado.

Bold. Warm. Full of soul.A return to instinct.This is phone (1).Tune in on 12 July to hear all about it: https://t.co/FEJL4Jb2Aw pic.twitter.com/5XUbvo8dwZ

— Nothing (@nothing) 15 de junho de 2022

Por fim, resta agora aguardar pela sua apresentação oficial a 12 de julho para conhecermos todos os seus segredos, para além da traseira recheada de LED's.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. Ocupa-se com as novidades de tecnologia na 4gnews. Email: ruifbacelar@gmail.com