Nothing Phone (1) chega em preto e branco com o Snapdragon 778G+

Rui Bacelar
Comentar

Carl Pei, co-fundador da OnePlus e CEO da Nothing, acaba de confirmar os esquemas de cor e, sobretudo, o processador usado no seu próximo produto. Em causa está um dos smartphones mais promissores e misteriosos de 2022, o Nothing Phone (1).

O dispositivo móvel foi agora revelado em todo o seu esplendor pela publicação Winfuture.de, pela mão do leaker Roland Quandt. Em simultâneo, graças a um exclusivo da publicação Input Mag, temos a confirmação do chipset utilizado no smartphone Android.

Um perfeito equilíbrio entre eficiência e poder de processamento

Carl Pei has confirmed that the Nothing phone (1) features Qualcomm Snapdragon 778G+ Chipset."Pei says he feels phones have reached a point of good enough performance for general tasks [...] Additionally, the 778G+ chip is more power-efficient..."https://t.co/TWcRyZlrib pic.twitter.com/k0UMc0Epkj

— Ishan Agarwal (@ishanagarwal24) 29 de junho de 2022

Em declarações à publicação Input Mag, Carl Pei refere que atualmente os smartphones Android de gama média e gama média / alta proporcionam um excelente nível de desempenho. Mais ainda, é neste segmento que encontramos a melhor relação qualidade / preço e onde temos as soluções mais eficientes, o que se traduz em melhor autonomia de bateria.

Pode, contudo, parecer um paradoxo a não utilização dos mais mediáticos modelos de chipset da Qualcomm. Nomeadamente os Snapdragon 8+ Gen 1. Porém, afirma Pei, o Snapdragon 778G apresenta tudo o que a maioria dos consumidores procura em pleno 2022. Uma boa relação qualidade / preço, maior eficiência energética e poder de processamento mais que suficiente.

O Nothing Phone (1) tem carregamento sem-fios

Nothing Phone (1)

O processador Snapdragon 778G+ também suporta o carregamento sem-fios, algo que vem acrescentar valor ao telefone. Para além disso, este SoC conta com oito núcleos. Temos quatro núcleos Cortex A78, bem como quatro núcleos Cortex A66 mais eficientes.

Temos ainda a gráfica Adreno 652L (GPU), além do modem X53 5G que garante a conexão e suporte para as redes móveis de quinta geração. Face ao exposto, Carl Pei acredita que é neste processador que encontramos um ótimo equilíbrio entre qualidade / preço e autonomia de bateria para os smartphones.

Os LED's na traseira cumprem várias funções de notificação

Nothing Phone (1)

Em preto, ou branco, teremos o telemóvel em dois esquemas de cor com os "glifos" de luz na traseira. São mais de 900 LED's de acordo com a fabricante para criar este intrincado sistema de alerta visual para notificações recebidas pelo dispositvo móvel.

O smartphone chegará em duas versões aos consumidores, com 8 GB + 128 GB, ou com 12 GB + 256 GB de memória RAM e armazenamento interno. Terá também uma bateria de 4 500 mAh de capacidade com carregamento rápido a 45 W.

Por fim, o preço deste telemóvel ficará aquém dos 500 dólares. Resta saber, contudo, se o dispositivo móvel terá uma correspondência direta para euros, podendo custar entre 400 a 500 euros assim que chegar à Europa.

Recordamos que o Nothing Phone (1) será apresentado oficialmente a 12 de julho.

Bold. Warm. Full of soul.A return to instinct.This is phone (1).Tune in on 12 July to hear all about it: https://t.co/FEJL4Jb2Aw pic.twitter.com/5XUbvo8dwZ

— Nothing (@nothing) 15 de junho de 2022

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. Ocupa-se com as novidades de tecnologia na 4gnews. Email: ruifbacelar@gmail.com