NOS toma estas medidas para ultrapassar a MEO e Vodafone Portugal

Rui Bacelar
Comentar

A NOS é uma das maiores operadoras de Portugal e pretende reforçar a sua presença no nosso mercado. Assim, com o objetivo de consolidar a sua liderança em inovação e em tecnologia, a NOS continuou, neste semestre, a reforçar o seu investimento total.

Mais concretamente, excluindo contratos de leasing, licenças de espectro e outros direitos contratuais, a operadora aumentou o seu investimento em 21,9% para 244 milhões de euros nos primeiros seis meses. Por outro lado, no segundo trimestre o investimento total, atingiu 112,6 milhões de euros. Valor este que compara com 104,1 milhões verificados no segundo trimestre de 2021.

NOS reforça o investimento em inovação e tecnologia em Portugal

NOS Portugal
Quadro Resumo com os destaques do primeiro semestre de 2022. Crédito: NOS.

A operadora nacional afirma-se assim perante as concorrentes MEO (Altice Portugal) e Vodafone Portugal. Fá-lo, portanto, com mais inovação e investimento em tecnologias desenvolvidas para Portugal. Para além disso, registou um crescimento nos serviços.

Com efeito, a adesão de cada vez mais portugueses aos produtos e serviços da NOS materializou-se num crescimento de receitas, no semestre, de 9,4%. Ou seja, para 742 milhões de euros. Já o segmento de Telecomunicações a progrediu em 7,3% para 721,4 milhões de euros.

Por fim, de acordo com o relatório fiscal da operadora, o segmento de Cinemas e Audiovisuais a progredir 69,4% para 39,1 milhões de euros. Em síntese, considerando o segundo trimestre deste ano, as receitas atingiram 368,4 milhões de euros. Valor este que compara com 341 milhões de euros verificadas no período homólogo de 2021.

Assim sendo, o Resultado Líquido Consolidado no segundo trimestre aumentou 2%. Isto face ao período homólogo de 2021. Aliás, no conjunto dos primeiros seis meses, o Resultado Líquido atingiu 85,3 milhões de euros.

Mais investimento em inovação e tecnologia para fazer frente à MEO e Vodafone Portugal

No final de junho, a NOS disponibilizava 10,524 milhões de serviços. Foi um crescimento de 524 mil face ao mesmo período do ano passado.

Para além disso, no 5G, a Ookla, detentora da plataforma Speedtest, reconheceu a rede da NOS como a mais rápida em Portugal. Nesse sentido, também a DECO Proteste atribuiu à NOS o selo de melhor Internet móvel.

Mais concretamente, o número de utilizadores dos serviços NOS progrediu positivamente em todos os segmentos. Aqui com especial destaque para a evolução de clientes convergentes, que ultrapassam já 1,05 milhões. Ou seja, mais 5,9% que há um ano. Em simultâneo, os clientes móveis cresceram 8,7% para 5,529 milhões.

Importa ainda notar que o primeiro semestre deste ano voltou a ser um período de forte investimento. Isto quer na implementação da rede 5G, quer na rede fixa Gigabit. De igual modo, no final de junho, a NOS contabilizava 5,187 milhões de casas passadas, mais 4% do que em igual período de 2021.

Por fim, na área de entretenimento, este primeiro semestre marcou o regresso dos portugueses ao cinema. A NOS Cinemas vendeu 2,584 milhões de bilhetes, valor que compara com 567,7 mil vendidos no mesmo período de 2021.

Em particular, a contribuir para este regresso às salas está o lançamento do muito esperado blockbuster “Top Gun Maverick”.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. Ocupa-se com as novidades de tecnologia na 4gnews. Email: ruifbacelar@gmail.com