Home Android

Nokia já vendeu mais de 70 milhões de equipamentos desde 2017

Os seus smartphones Android de gama média foram bem recebidos!

HMD Global Samsung Galaxy S9 Nokia 9 Wiko smartphones Android Nokia smartphone Android reuters
O regresso desta marca está a correr melhor do que poderíamos imaginar.

O apelo do saudosismo e nostalgia foi um dos factores cruciais para o regresso da Nokia ao mercado dos smartphones. Foi também graças à empresa HMD Global que os seus smartphones Android chegaram aos quatro cantos do mundo e apresentam bons sinais de crescimento.

Agora que o ano de 2018 está a chegar ao fim, celebram-se dois anos desde a fundação da HMD Global, a “nova casa” da Nokia. Empresa sediada na Finlândia e composta por vários dos antigos executivos e colaboradores da “antiga” Nokia.

Vê ainda: OnePlus 6T McLaren Edition, uma ode à velocidade com 10GB de RAM

Tudo isto culminou com o regresso da Nokia, agora oferecendo smartphones Android de todas as gamas e escalões de preço. Voltariam no início de 2017 e foram gradualmente reunindo curiosidade, saudosismo e entusiasmo com as suas novas ofertas.

Atualmente a Nokia é uma das 5 maiores fabricantes de dispositivos móveis (smartphones Android) na Europa segundo os dados da agência Canalys. Já segundo a agência Strategy Analytics, a marca também já está presente no Top 10 mundial.

A HMD Global está encarregue dos smartphones Nokia

Mais recentemente, a fabricante finlandesa fechou o ano de 2018 com o seu novo Nokia 8.1. Aí, aproveitou também a ocasião para partilhar um pouco da caminhada desde que voltaram a este mercado competitivo. Começando em primeiro lugar pela proclamação dos 70 milhões de smartphones e telemóveis vendidos. Sim, desde os dispositivos inteligentes (smartphones Android) até aos telemóveis como a nova edição do mítico 3310.

Nokia Android Oreo Google Android One HMD Global
A Nokia está de volta, ao TOP 10 das maiores fabricantes mundiais.

Em segundo lugar tivemos a informação acerca da faixa etária que mais aderiu aos novos smartphones Android da marca. Ora, foram os consumidores masculinos com 35 ou mais anos que adquiriam 56 milhões dos smartphones Android e telemóveis da marca.

Em suma, toda uma geração que já conhecia a marca, que provavelmente (ou certamente) utilizou os telemóveis da Nokia. Toda uma gama de produtos que se tornaram extremamente populares a partir do início do séc.XX e que ainda hoje permanece na memória coletiva.

Os seus smartphones Android de gama média foram bem recebidos!

Em terceiro lugar a fabricante Android revelou que foram os seus smartphones e telemóveis económicos que mais receitas arrecadaram. Todavia, a fabricante confessou que o segmento de topos de gama (flagships) não foi tão bem recebido como o esperado.

Em suma, neste momento o seu smartphone Android mais procurado é o Nokia 6.1, um terminal de gama média. Todavia, a fabricante referiu também a grande popularidade do modelo Nokia 7 Plus bem como do 3.1.

Numa última nota, confesso que me dá uma certa satisfação em ver esta marca a singrar num mercado tão competitivo como este. Esperemos agora para ver os seus primeiros lançamentos para 2019.

Quando não está a escrever um artigo ou a gravar algum vídeo, o Bacelar tem por hábito saborear um bom livro, descobrir novas bandas sonoras ou simplesmente desfrutar do sol, na companhia de quem mais gosta (MM).