nokia-lumia-iconO ano de 2014 foi bastante atribulado para a Nokia. Devido à venda do departamento de equipamentos móveis e serviços à Microsoft, depois disso nada ficou igual.

Apesar deste período conturbado, a Nokia apresentou um lucro de 512$milhões de dólares no Q4 de 2014, o que constitui um aumento de 66%, face aos 309$ milhões registados no período homólogo de 2013.

No total do ano, o lucro rondou os 14.4 biliões de dólares, segundo a marca, a sua margem de lucro em 2014 subiu para 44.3% números animadores.

   

Uma das principais fontes de receita foram os HERE maps, cujas vendas subiram 15% só neste último Q4 de 2014, estando também disponíveis para Android via Play Store.

“O poder da nova Nokia pode ser visto nos resultados deste último quartel de 2014. Todos os nossos negócios apresentaram fortes lucros e bom crescimento em comparação com 2013. A rentabilidade foi excelente na Nokia Networks e estamos particularmente satisfeitos com o crescimento de vendas na América do Norte e suas principais redes. Os mapas HERE continuam a impressionar, agarrando cada vez mais público dentro do sector automobilístico e as taxas antecipadas de procura do tablet Nokia N1 têm sido impressionantes, mostrando assim o ímpeto da marca e o seu potencial a longo prazo. Olhando para o futuro, ao passo que 2014 foi o ano da re-invenção, 2015 será o ano da execução”- Rajeev Suri, CEO da Nokia.

Talvez queiras ver:

Diz o que tens em mente nos comentários abaixo. E que tal ajudares um projeto Português? Sabe mais

Queres ser nosso amigo? Segue-nos nos meios de comunicação.

Quando não está a escrever um artigo ou a gravar algum vídeo, o Bacelar tem por hábito saborear um bom livro, descobrir novas bandas sonoras ou simplesmente desfrutar do sol, na companhia de quem mais gosta (MM).