Nokia

O dia finalmente chegou. A Nokia está de volta, desta vez à Europa. O Mobile World Congress é o palco escolhido pela empresa finlandesa apresentar os seus terminais em conjunto com a HMD.

Aproveita aqui os melhores descontos em Smartphones

   

Em primeiro lugar, antes dos smartphones e telemóveis, a Nokia mostrou o que anda a desenvolver e como é que os seus projetos têm sido bem sucedidos. A sua OZO é um exemplo disso mesmo. O dispositivo que permitiu reproduzir, em 360º, toda a apresentação da Nokia desta tarde, em Barcelona. Por outro lado, a empresa finlandesa e a HMD têm uma palavra a dizer no que toca à rede 5G e na sua evolução.

Nokia

Em segundo lugar, os smartphones. A especificações não são tudo e isso é o que a Nokia leva como missão na sua ideologia tal que o mais importante é a experiência e o design dos seus smartphones.

Depois do sucesso que obteve com o Nokia 6 e de ter já uma carta lançada para o mercado de gama-média, chegou a vez dos smartphones de gama-baixa. Deste modo, a empresa finlandesa anunciou os novos Nokia 3 e Nokia 5. Os dois terminais são relativamente distintos, um face a outro.

Nokia 3

O primeiro dos dois terminais é o mais simples de ambos. É perfeito para todos os fãs da empresa, e não só, que pretendam um smartphone Android a um preço reduzido, com o símbolo de que tanto gostam os entusiastas tecnológicos. As suas especificações são bastante modestas mas, mesmo assim, estarão bem para quem procure um algo simples e prático.

Nokia 5

O segundo smartphone apresentado pela empresa finlandesa no Mobile World Congress de 2017 será, talvez, o smartphone capaz de rivalizar com tudo o resto no mercado. O terminal já tem alguns pontos no qual se destaca pela positiva face à concorrência e um deles é o seu preço.

Nokia 6

O Nokia 6 foi um enorme sucesso na China, nada melhor que trazê-lo para o resto do mundo. Foi o que a marca decidiu. O modelo de gama-média que conquistou o país mais populado do mundo irá agora tentar fazer o mesmo no Velho Continente e nos restantes. Veremos como se sairá.

Nokia

Nokia 3310 (2017)

E este sim! O telefone que, outrora, foi um dos maiores sucessos de sempre no ramo da tecnologia móvel está mesmo de volta. Tal como na sua primeira edição, este 3310 também será um telemóvel, e não um smartphone. Claro que terá as suas diferenças mas, o que quero dizer com isso é que não terá Android.

Vê também: Samsung Galaxy S8 vê a sua silhueta revelada pelo Evleaks

Deste modo, a edição de 2017 terá um ecrã a cores, um design refinado e será o verdadeiro feature-phone da empresa finlandesa que conquistará, certamente, novamente o mercado.

Em suma, isto foi um regresso em grande da Nokia que tanto mostrou a sua satisfação por estar de volta, com o Android. E sim, Android numa versão bem simples e capaz de correr sem problema nenhum seja em que dispositivo.

Outros assuntos relevantes:

BlackBerry KeyOne: as funcionalidades que o tornam único

BlackBerry KeyOne apresentado oficialmente!

Bluboo Edge: Ecrã CURVO por 115€? Análise / Review

Desde cedo comecei a interessar-me pelo que podia fazer no computador. Porém, a grande paixão surgiu com o primeiro telemóvel e complementou-se com os smartphones. Nada há a dizer, são simplesmente fantásticos e úteis em todo o tipo de situações.