Nokia 8
Uma abordagem artística (render) ao Nokia 8

…quero, já, agora! Confesso que o regresso da Nokia me deixou bastante entusiasmado e que adoraria poder chamar meu a este Nokia 8. Não peço muito, apenas um design sóbrio, uma performance sem chatices e a sensação inexplicável de voltar a ter um Nokia (sem ser um telemóvel básico). 

Estamos em 2017 e após vários anos de sofrimento em que a Nokia foi definhando com a Microsoft e o seu Windows Phone, para todos os fãs ou saudosistas da marca finlandesa tenho boas notícias. Este ano veremos novos smartphones (telemóveis inteligentes) a ser anunciados. Sem o Windows Phone é claro, agora sim, com Android.

Vê também: iPhone 8, Galaxy S8 e Nokia 3310 – TECH RECAP #5

   

A Nokia caiu na desgraça muito por culpa própria. Era uma empresa grande demais e o seu orgulho foi a sua perdição. Tendo sido vendida a preço de saldo à Microsoft perdeu ainda mais público e quase caiu no esquecimento. Agora, das ruínas ainda fumegantes surge uma nova Nokia, qual fénix renascida.

O pano de fundo do Nokia 8

Este Nokia 8 chegará ao mercado com o sistema operativo da Google, o Android que já vai na sua versão 7.0 (Nougat). Depois do lançamento do Nokia 6 ficou assente, de uma vez por todas, que a Nokia utilizaria este sistema operativo open-source para os seus próximos lançamentos. Posto isto, rapidamente concluímos que o Nokia 8 trará o Android 7.0 Nougat.

Nokia 6 4gnews Nokia 8
O novo Nokia 6

O Nokia 6 é um smartphone de gama-média que já se encontra à venda nos mercados asiáticos e o seu sucesso tem sido tanto que a HMD, a empresa finlandesa que comprou a Nokia, está a lutar para dar resposta a tanta procura. Podes esclarecer, aqui, as tuas dúvidas sobre o Nokia 6, um prelúdio para o topo de gama Nokia 8.

Foi a própria HMD que confirmou o lançamento de novos Nokia no início de 2017, um artigo que podes consultar aqui e que nos deu uma inexplicável dose de nostalgia e esperança num futuro em que a marca finlandesa volte às nossas vidas.

As expectativas para o Nokia 8

Está assim montado o palco para o regresso da Nokia. O Mobile World Congress 2017 começa já na próxima semana e contará com a nossa presença em Barcelona. Estaremos lá para te trazer todas as novidades em primeira mão, sejam elas da Nokia e do seu Nokia 8, da Huawei com os seus P10 ou da LG e dos seus LG G6.

Voltemos agora as atenções para o Nokia 8. Este pode muito bem ser o próximo topo de gama da marca e o seu aspeto já me conquistou. Linhas sóbrias que outrora prezei nos Sony Xperia e que espero voltar a ver neste MWC e especificações poderosas como todo e qualquer topo de gama, Android, já nos habituou. Desde que conheci o OnePlus 3 que não dispenso um smartphone poderoso e espero que o Nokia 8 retire daqui algumas lições.

Olhemos, com atenção, para o vídeo abaixo. Qual é o traço que mais vos conquista? As linhas, o metal ou simplesmente o logótipo Nokia?

Confesso que não consigo esconder o entusiasmo perante um Nokia 8. Quero que a Nokia nos apresente algo capaz de fazer frente aos Galaxy’s desse mercado!

Para além deste vídeo, um concept, graças aos nossos colegas da Andro4all que por sua vez tiveram acesso a uma fonte exclusiva e próxima da Nokia, teremos um belo topo de gama neste MWC. Sim, é o Nokia 8 e será o meu próximo smartphone.

O seu aspeto retém alguns dos melhores elementos e traços dos Nokia Lumia com Windows Phone. Agora ainda mais premium com o vidro a fundir-se com o metal para nos dar um belo acabamento e a robustez a que a marca nos habituou.
Vemos uma grande atenção à qualidade de som e chamada com altifalantes duplos frontais. Um ecrã com 5.7 polegadas e resolução Quad-HD (2K) com margens muito reduzidas. O sistema operativo será o Android 7.0 Nougat e poderás completar o Nokia 8 com qualquer um destes relógios inteligentes (smartwatches) da Samsung ou qualquer outra marca.

Especificações do Nokia 8

Terá um leitor de impressões digitais/sensor biométrico e uma câmara traseira de 22.3MP com flash dual-LED e focagem auxiliada por laser.

No seu interior teremos o processador Snapdragon 835 da Qualcomm com 6GB de RAM e 64 ou 128GB de memória interna. Este processador poderá significar um atraso na chegada ao mercado uma vez que a Samsung detém os direitos de exclusividade sobre o Snapdragon 835 até ao Verão.

Estas especificações não são oficiais mas, olhando para o estado atual do mercado e da evolução tecnológica, deposito toda a minha fé nestas informações. Esperemos é que o seu preço não ultrapasse os 700€ (euros) ou 750$ (dólares), um valor que considero justo para as especificações apresentadas.

Outros assuntos relevantes:

Data de apresentação dos processadores “Pinecone” da Xiaomi revelada!

SMASHY CITY: Como é que consegues ser tão viciante?

E se o novo smartphone LG G6 for mesmo assim?