Nokia 8
Conceito do Nokia 8 revelado há algumas semanas

As mais recentes notícias têm revelado alguns pormenores interessantes sobre a Nokia. Se já hoje ouvimos falar sobre a possibilidade de a empresa finlandesa se aliar à Xiaomi para o fornecimento de processadores, agora surgem novidades quanto a um tão aguardado terminal. Falo do Nokia 8, um dos dois topos de gama que a HMD estará, alegadamente, a preparar para este ano.

E se de novidades falamos, estas são bem mais interessantes do que se poderia pensar. Apesar de não haver certezas quanto à legitimidade do leak de hoje, tratam-se de imagens do Nokia 8, dispositivo tão aguardado pelos fãs da ex-rainha do mercado.

Vê ainda: Xiaomi e Nokia fecham negócio de cooperação e troca de patentes

   

Muitos alegavam que o Nokia 9 seria o primeiro topo de gama da marca a chegar ao mercado, mas a verdade é que as imagens que nos chegam hoje respeitam precisamente ao seu dispositivo “irmão”. Estas partem de uma fonte originária da China, sendo esta promoção relativa ao terminal.
A visão sobre o Nokia 8 é bastante boa pelas imagens e podemos constatar um design bem apelativo e de acordo com os novos padrões de 2017. Isto porque, como podemos ver pelas mesmas, este smartphone terá direito a um grande ecrã na parte frontal quase sem extremidades, respondendo à tendência começada pelo Xiaomi Mi MIX e posteriormente popularizada pelos LG G6 e Samsung Galaxy S8.

Com as laterais arredondadas a toda a volta, o Nokia 8 parece ter tudo para se tornar num terminal bem confortável e apelativo, sem deixar de ser apelativo ao olho. Mas as novidades não se ficam por aqui. Junto com as imagens partilhadas hoje, ficamos a saber alguns pormenores no que toca a especificações, confirmando estas que o processador escolhido para este terminal deverá mesmo ser o Snapdragon 835.

Nokia 8
Imagem hoje revelada do alegado Nokia 8

Este processador topo de gama da Qualcomm é já bem conhecido do público. Equipando terminais como o Galaxy S8 (nos mercados chinês e norte-americano), Xiaomi Mi 6 e Sony Xperia XZ Premium, este é um octa-core (oito núcleos) que em ajudado pela GPU Adreno 540. E se os dados hoje revelados estiverem corretos, o Nokia 8 trará ainda 6GB de RAM e 128GB de memória interna.

Por fim, ficamos ainda a saber que este terminal beneficiará de uma entrada USB tipo C, bem como de um leitor de íris. Como já foi dito acima, estes pormenores podem não chegar ao produto final, pelo que aconselhamos a que o nosso leitor aguarde por pormenores oficiais da marca.

Nokia e Xiaomi juntas pela Realidade Virtual e Aumentada

Para além de processadores, a boa relação de ambas empresas finlandesa e chinesa, respetivamente, poderá também resultar numa parceria no desenvolvimento de Realidade Virtual e Realidade Aumentada.

Nokia 8 será um dos topos de gama da empresa finlandesa para 2017

Um novo rumor afirma que ambas as empresas chegaram a um acordo para uma nova parceria onde ambas desenvolverão equipamentos das tecnologias acima mencionadas. A Nokia é agora liderada pela HMD Global, o que implicará, no entanto, um acordo com esse grupo, sendo os direitos da empresa presencentes à mesma. Assim, fica na dúvida a total veracidade deste rumor, que nos obriga a aguardar por mais pormenores para confirmar estas informações.

Certo é que temos aqui uma situação bem interessante. Se, por um lado, a Nokia se está a relançar no mercado mobile, focando-se no lançamento de terminais de grande qualidade para criar uma base saudável neste mercado, a Xiaomi está já bem firme na sua produção, faltando a parte de executar a sua distribuição por mercados importantissimos como o europeu, norte-americano e sul-americano.

O que achas das novidades hoje relevadas? Deixa nos comentários a tua opinião e continua a seguir a 4gnews para mais novidades.

Outros temas relevantes:

Huawei Mate 10 chegará em Outubro com Kirin 970 e novo ecrã

Um olhar detalhado ao novo Oukitel K10000 Pro com super bateria

Disk Drill – Software de recuperação de dados para iPhone e Android

ViaAndro4All
FonteCNMO
Editor 4gnews e estudante de Direito, nos tempos livres é mais provável encontrar-me a explorar novos géneros musicais, filmes e séries e a passar um bom tempo com amigos e família.