Nintendo promete acompanhar 'guerra' de streaming de jogos

Bruno Coelho
Comentar

Na última reunião de acionistas da Nintendo, o tema forte foi o cloud gaming – onde os jogos podem ser jogados em streaming onde quisermos, ao invés de estarmos limitados a um dispositivo localmente. A Nintendo diz que tem de acompanhar as mudanças do setor, e olha para este tema como o “futuro” dos jogos.

A ideia foi compartilhada por Shuntaro Furukawa, presidente da Nintendo. Embora afirme que os jogos não estarão todos na nuvem tão cedo, vê um “futuro onde as tecnologias de nuvem e streaming se desenvolverão cada vez mais”.

Nintendo vê o cloud gaming como uma boa oportunidade para aumentar a população de jogadores

A Nintendo deve, segundo o presidente, acompanhar essas mudanças. Acreditando que esta é uma boa oportunidade aumentar a “população de jogadores”, Furukawa diz que estas tecnologias trarão oportunidade para o “entretenimento único” da Nintendo chegar a ainda mais jogadores.

Cloud gaming não vai afetar consolas como a Nintendo Switch

Shigeru Miyamoto, diretor da Nintendo, e criador de clássicos como Super Mario ou Zelda concorda que o cloud gaming “vai espalhar-se no futuro”. No entanto, afirma que isso não vai afetar consolas como a Nintendo Switch.

“Vão continuar a haver jogos que são divertidos porque estão disponíveis localmente e não na nuvem”, afirmou Miyamoto. O importante, para o criador, é criar conteúdo que faça sentido nos "mais diversos ambientes técnicos”.

Devemos ter em conta que a Switch já te dá oportunidade de teres dos melhores benefícios do cloud gaming: jogar numa televisão ou num dispositivo portátil onde quer que vás. Contudo, a Nintendo sabe que tal não é suficiente. Embora ainda não tenha o seu serviço de cloud, como a Microsoft ou a Sony, a Nintendo tem vindo a testar a ideia com os parceiros no Japão.

Editores 4gnews recomendam:

  • Microsoft prepara uma nova Xbox que funcionará apenas com o xCloud
  • Nintendo Switch Mini: imagem mostra possível consola e capa
  • Nintendo Switch Online poderá trazer jogos de mais consolas clássicas em breve
Bruno Coelho
Bruno Coelho
Vive entre a paixão pela escrita, a música e a tecnologia. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior em 2015, e fez parte da equipa que fundou o Jornal de Belmonte. Produziu vários podcasts independentes pelo caminho. Colabora com a 4gnews desde 2017, e faz parte da redação desde 2019. Come especificações ao pequeno-almoço. brunocoelho@4gnews.pt