71772173827115753-t640

A empresa resultante da venda da divisão de equipamentos da Nokia, a Newkia, acaba de anunciar quem vai ser o primeiro CEO de sua história: Urpo Karajalainen. Além de este já ter trabalhado na companhia Finlandesa, o executivo desempenhou um papel importante na BlackBerry na época em que a mesma ainda possuía uma grande cotação no mercado.

Segundo um comunicado oficial divulgado pela nova companhia, Karajalainen é o “executivo mais bem-sucedido na Ásia nos últimos 15 anos”. Segundo o presidente da Newkia, Thomas Zilliacus, o executivo foi o responsável por tornar a Ásia o maior e mais lucrativo mercado no qual a Nokia atua. “Nenhum outro executivo possui os contactos, o apelo e a credibilidade entre as operadoras, distribuidoras e vendedores Asiáticos”.

   

A criação da empresa é resultado do descontentamento de vários ex-funcionários da Nokia que desaprovaram tanto a adopção do sistema operacional Windows Phone quanto à venda da empresa para a Microsoft. A ideia da companhia é utilizar o talento e o conhecimento presente entre os funcionários da Nokia para criar equipamentos de qualidade que irão usar o Android como plataforma, algo que deve surtir resultados muito em breve, segundo Zilliacus.

“Eu vejo muitas oportunidades para a Newkia no mercado actual, e estou muito animado em fazer parte da criação de algo que será construído com base no incrível legado da Nokia. Estamos a construir uma equipa que mantém os conhecimentos e as qualidades que tornaram a Nokia numa líder de mercado durante 14 anos”, afirma o CEO Karajalainen.