Netflix toma novas medidas para acabar com a partilha de contas

Carlos Oliveira
Comentar

A Netflix tem-se mostrado contra a prática de partilha de contas entre utilizadores fora da mesma casa. Com efeito, a plataforma de streaming acaba de anunciar um novo conjunto de medidas que visa acabar com essa prática.

Através do seu blog oficial, a gigante americana anunciou duas possibilidades para que essa partilha de contas se transforme em mais utilizadores. Incentivos para que mais subscrevam os seus serviços.

Netflix cria nova modalidade de subscrição acessível para estes utilizadores

A Netflix deu o mote para este anúncio reconhecendo que a partilha de contas é um fenómeno bastante popular entre os utilizadores do seu serviço. Contudo, alega que isso está a limitar a possibilidade de a empresa investir em novos e melhores conteúdos.

Netflix

Para colmatar aquilo que ela vê como um problema, a Netflix criou duas medidas para tentar aumentar o número de subscritores do serviço. A primeira passa por uma nova modalidade de subscrição com um custo reduzido.

A nova modalidade permitirá adicionar mais utilizadores a uma conta pelo equivalente a 2.70 €. Ou seja, se divides a tua conta Netflix com um amigo, poderás adicionar esse amigo à tua subscrição pelo valor indicado, sendo que ele passará a ter as suas próprias credenciais de acesso.

Em segundo lugar, a plataforma de streaming garante que as preferências dos utilizadores serão automaticamente migradas para a nova conta. Com efeito, continuarão a ter o seu histórico de visualizações, as suas listas e recomendações.

Estas medidas estão ainda em fase de teste e serão aplicadas, por enquanto, apenas no Chile, Costa Rica e Peru. Estes serão os mercados piloto para aferir a recetividade dos utilizadores da Netflix às novas medidas.

Há sensivelmente um ano, a Netflix começou a atacar a prática de partilha de contas. A plataforma começou a mostrar um aviso àqueles que usam uma conta partilhada solicitando uma confirmação de segurança.

Agora, com o anúncio destas medidas, acredita-se que a possibilidade de partilhar contas livremente possa estar perto do fim. Embora a Netflix veja nisto a oportunidade para obter mais subscritores, isso poderá afugentar muitos mais, especialmente após os recentes aumentos de preço.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.