Netflix: as 27 grandes estreias em 2021 (vídeo)

Bruno Coelho
Comentar

Tal como temos referido recentemente, a aposta da Netflix na sétima arte é crescente. O popular serviço de streaming começou por se destacar no formato das séries, e hoje tem uma posição de cada vez mais destaque no cinema.

Em 2021 a plataforma de streaming promete continuar a apostar forte nesta área. E num vídeo agora divulgado, dá-nos um primeiro olhar aos 27 filmes que destaca para este ano. E um deles é protagonizado por Leonardo DiCaprio e Jennifer Lawrence.

“2021 = um novo filme a cada semana na Netflix”, pode ler-se na publicação feita nas redes sociais. “Aqui está um primeiro olhar a 27 dos melhores, mais brilhantes, rápidos, engraçados, bem-dispostos filmes e estrelas que chegam à Netflix este ano”, remata a Netflix na descrição do vídeo.

“Don’t Look Up”, realizado pro Adam McKay, e com as duas estrelas acima citadas, é um dos grandes destaques. Mas a Netflix promete trazer para a mesa estrelas como Dwayne Johnson, Ryan Reynolds, Meryl Streep, Sandra Bullock ou Octavia Spencer.

Outra grande aposta é “Red Notice”- Trata-se de uma trama de ação protagonizada por Ryan Reynolds e Johnson Gadot, que terá custado 160 milhões de euros à plataforma.

'Pieces of a Woman' foi a primeira grande estreia de 2021

A primeira grande estreia de cinema da Netflix terá sido 'Pieces of a Woman'. O filme conta com Vanessa Kirby como protagonista e conta a história de um parto caseiro dramático que deixa uma mulher a lidar sozinha com o profundo rescaldo emocional, separada do parceiro e da família por abismos de dor. Já podes vê-lo na Netflix Portugal, e deixamos-te o trailer abaixo.

Editores 4gnews recomendam:

  • Netflix Portugal: 7 dos melhores filmes de 2020
  • Netflix Portugal: estes são os filmes mais populares de 2021
  • IPTV Pirata: vários fornecedores estão sob ataque e extorsão!
Bruno Coelho
Bruno Coelho
Vive entre a paixão pela escrita, a música e a tecnologia. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior em 2015, e fez parte da equipa que fundou o Jornal de Belmonte. Produziu vários podcasts independentes pelo caminho. Come especificações ao pequeno-almoço.