Nem os EUA conseguem abrandar a Huawei, diz o seu fundador

Vitor Urbano
Comentar

A grande batalha entre a Huawei e o governo dos Estados Unidos já decorre há muito tempo, mas as medidas mais drásticas foram implementadas na passada quinta-feira. O governo de Donald Trump colocou a Huawei na lista negra, tornando virtualmente impossível para a fabricante realizar qualquer negócio com empresas norte-americanas.

No entanto, nas suas primeiras declarações desde o recente 'ataque' à Huawei, o seu fundador — Ren Zhengfei — afirmou que já estavam preparados para estas ações há algum tempo. Por isso, as restrições implementadas não irão causar grandes problemas à fabricante.

Huawei fundador EUA

Ren vai ainda mais longe, revelando que mesmo com estas restrições, o crescimento das receitas anuais da empresa chegará muito perto dos 20%. Assim, o fundador da Huawei afirma que as ações do governo norte-americano poderão “abrandar o crescimento, mas muito pouco”.

Huawei não vai ceder à pressão colocada pelos Estados Unidos

Relembro que no ano passado, a ZTE foi alvo do mesmo tipo de ação. Acabando por ser seriamente afetada, o que levou a que aceitasse ser monitorizada e 'ajustada' pelos Estados Unidos. Por outro lado, a Huawei mantém-se firme na sua posição de poder, afirmando que não irá ceder a quaisquer instruções provenientes do governo dos Estados Unidos.

Ren Zhengfei afirmou que “não irão alterar a forma como a empresa é gerida e que não vão aceitar ser monitorizados de forma alguma, como fez a ZTE”. Estas afirmações surgem depois de a fabricante chinesa ter sido acusada de utilizar os seus smartphones (e outros produtos) para atos de espionagem para o governo chinês.

Huawei Estados Unidops

Ainda que os Estados Unidos não tenham apresentado provas concretas, foram já vários os aliados dos Estados Unidos que, demonstraram grandes preocupações.

Até agora, vários países europeus demonstraram a sua preocupação perante as acusações do governo de Trump, colocando em prática várias medidas de precaução.

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
Vitor Urbano
Vitor Urbano
Sempre de mão-dada esteve a tecnologia, o desporto e o mundo gaming. Por isso, se não estiver a escrever sobre o que de novo há no mundo da tecnologia, o mais provável é estar a jogar uma partida de Ultimate Team no FIFA 19.