A Nokia está prestes a apresentar novos equipamentos na Mobile World Congress e muito se tem falado sobre os possíveis terminais. Ainda há pouco escrevi sobre a chegada de um Nokia 3310 2017, e acredita-se ainda que a empresa Finlandesa não fique por aqui.

Espera-se que a Nokia tire a barriga de misérias com mais dois smartphones Android, mas dois dispositivos de gama-média, yap, nada de flagships.

   

Vê ainda:Huawei P10: Eis o próximo topo de gama da Huawei

É justo dizer que lançar um topo de gama para a Nokia seria uma jogada de risco, a empresa precisa de voltar a ganhar a confiança dos clientes que trocaram os seus terminais Europeus por Americanos e Sul-Coreanos.

A Apple e Samsung são as novas donas do mercado, com uma Huawei ansiosa por se meter no meio. Embora um mercado vasto, este novo mundo mobile não é feito para empresas que não tenham posição financeira e possibilidade de falhar.

A LG, Sony ou mesmo a HTC já há muito que não vêem o seu lucro subir, mas são empresas que se conseguem aguentar de uma forma firme em tempo de tempestade, algo que não podemos dizer da Nokia.

De acordo com a NokiaPowerUser um dos smartphones a ser desvendados na Mobile World Congress será o Nokia 3. As informações afirmam que o dispositivo contará com um processador Qualcomm Snapdragon 625, ecrã de 5.2″ polegadas HD, 2GB de memória RAM, câmara de 13MP e ainda 16GB de memória interna.

Como podemos ver o investimento não será forte, mas se o Nokia 3 chegar a 150€, como se espera, acredito plenamente que venha a ter sucesso em qualquer mercado onde um gama-média decente não custa menos de 200€.

A Mobile World Congress está aqui à porta e a 4gnews lá estará para te trazer todos os vídeos, não percas a nossa cobertura do evento subscrevendo aqui o nosso Youtube.

Outros assuntos relevantes:

Renovado Nokia 3310 poderá chegar ao mercado em 2017

A OnePlus está mesmo perdida na publicidade…

Disney corta relações com o YouTuber PewDiePie

 

FonteNokiaPowerUser

Fundador do projeto 4gnews, sempre olhei para a tecnologia como um pedaço de nós. Desde cedo ligado ao mundo tecnológico, este é literalmente o meu trabalho de sonho.
Amante de vinho e apaixonado pelo meu Vit. Guimarães, acredito ainda que todas as nossas acções são o gatilho para o nosso futuro.