Motorola RAZR completamente destruído em doloroso teste de resistência

Bruno Coelho
Comentar

O Motorola RAZR concentrou atenções na Motorola no final deste ano, por fazer reviver o clássico telemóvel em formato concha da marca. Desta vez enquanto smartphone, a sua resistência tem sido testada com resultados pouco positivos.

No teste da CNET, o dispositivo sobreviveu apenas a 27 mil dobragens. Mas a Motorola apressou-se a dizer que o máquina usada nesse teste não era a mais adequada para testar o número de dobragens que este seria capaz de fornecer durante a sua vida útil.

Agora o dispositivo passou pelas mãos do sempre temível Zach Nelson do canal JerryRigEverything, e os resultados não são os mais animadores para a resistência do Motorola RAZR.

No teste de riscos, este é um ecrã que aguenta menos do que o normal. Tendo em conta que se trata de um painel de plástico, os riscos começam aparecer no nível 2, sendo bastante pronunciados no nível 3.

Sendo um smartphone dobrável, como lidará com areia? O teste foi feito, e a areia acabou por entrar na zona de dobragem do dispositivo, invariavelmente danificando essa zona, ainda que sem sinais efetivos.

Na hora de dobrar ao contrário do que é suposto, o Motrola RAZR está longe de se revelar tão robusto como o Galaxy Fold. O ecrã fica imediatamente danificado, e esperamos que o Galaxy Z Flip nos faça renascer a esperança de que podemos ter este form factor e confiar mais na sua durabilidade.

Editores 4gnews recomendam:

Bruno Coelho
Bruno Coelho
O Nokia 3650 foi o primeiro grande mergulho no mundo tecnológico. Se o Football Manager e o cinema são dois dos seus escapes, o Macbook Pro é o melhor amigo. Escrever sobre tecnologia é o processo natural na vida de alguém que come especificações ao pequeno-almoço.