Microsoft quer integrar o incrível ChatGPT no Bing, cuidado Google!

Rui Bacelar
Comentar

A demanda pelo melhor motor de busca, além do Google, ganhará novo fôlego muito em breve com a Microsoft a prometer tirar partido do ChatGPT no seu Bing. A gigante de Redmond não está com meias-medidas e promete incorporar o melhor da inteligência artificial (IA) disponível para qualquer interessado, a OpenAI e a sua maior criação, o ChatGPT no seu motor de busca.

O plano visa combinar os melhores atributos do ChatGPT, ou pelo menos os mais úteis para o comum utilizador, com o motor de busca da Microsoft.

Será o resultado de uma cooperação estabelecida em 2020 com os responsáveis da OpenAI e dotará o rival do Google de novos atributos.

Bing estreará em março de 2023 o novo "poder" do ChatGPT

Bing Microsoft ChatGPT

A notícia foi avançada primeiramente pela publicação The Information que colheu o testemunho de duas fontes próximas da Microsoft que optaram por permanecer anónimas.

Conforme o relato, a empresa norte-americana desenvolve atualmente novos algoritmos para o seu motor de busca, o Bing. O trabalho está ainda em curso, mas já há uma data de estreia, março de 2023.

O fator novidade reside efetivamente na integração do sistema de inteligência artificial que potencia o ChatGPT no seu motor de busca de modo a entregar respostas mais naturais.

Ou seja, uma aposta na fluidez geral de sistema de modo a entregar resultados fluídos e mais cientes daquilo que o utilizador quer realmente saber.

"Cérebro" do ChatGPT será transplantado para o Bing da Microsoft

Microsoft Bing

Note-se que este chatbot ou robô de conversação tem atraído imensas atenções pelas razões que qualquer interessado pode ficar a conhecer, gratuitamente. Aconselho vivamente qualquer pessoa a testar a capacidade de resposta desta IA, ficarão surpreendidos.

Atualmente as suas capacidades de resposta, mesmo em português de Portugal são nada menos que prodigiosas e, é este mesmo "cérebro" que a Microsoft quer transplantar para o seu motor de busca rival do Google.

O Bing tornar-se-á num motor de busca mais capaz, completo e reativo. Poderá assim pesquisar os conteúdos da Internet de modo mais ágil e entregar resultados mais orgânicos para o utilizador graças às capacidades de comunicação natural do ChatGPT.

Comunicação, naturalidade e fluidez de conversa para fazer frente ao Google

ChatGPT coming to BingDALL-E coming to BingI never thought I’d say this, but… bring on the Bing comeback https://t.co/SqkcGJQxyx

— Marques Brownlee (@MKBHD) 4 de janeiro de 2023

A Inteligência Artificial presente no ChatGPT já consegue responder à maioria dos nossos pedidos de modo rápido e bastante completo. Tem, efetivamente, os seus lapsos e lacunas, sobretudo na veracidade de alguns factos invocados, mas toda a estrutura é, no mínimo, revolucionária na forma como melhora de dia para dia.

Posto isto, com a implementação deste "esqueleto" do ChatGPT, e respetivo cérebro, no motor de busca da Google, prevemos avanços e melhorias significativas para o Bing.

Em suma, a partir de março de 2023 a Google terá mais uma preocupação pela frente. Já para nós, utilizadores e consumidores, teremos um produto francamente mais poderoso e mais diversidade, oferta concorrencial e novas formas de esclarecer as nossas dúvidas.

2023 ficará marcado pelo impacto da IA

Note-se, porém, que a OpenAI planeia substituir a atual tecnologia de linguagem GPT-3.5, pela GTP-4. Desse modo, respostas mais rigorosas e atualizadas, bem como narrativas mais avançadas e funções adicionais.

A Microsoft espera assim superar a Google, sobretudo o seu motor de busca, o mais popular do mundo. O objetivo é efetivamente audaz e note-se que a própria Google está também a trabalhar em novas atualizações, melhorias e soluções para os seus serviços.

Naturalmente, em 2023 a incorporação do ChatGPT e respetivas capacidades em novos serviços e plataformas será uma visão comum.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. Ocupa-se com a atualidade tecnológica na 4gnews. Email: ruibacelar@4gnews.pt