Microsoft Ubuntu

A Microsoft apresentou ontem mais novidades acerca da Fall Creators Update, bem como tantas outras que têm que ver com a Windows Store e as aplicações que integrarão a mesma no futuro.

Vê também: iTunes chegará em breve de forma oficial à Windows Store

   

E não, não será apenas o iTunes – para surpresa de todos – uma das aplicações que serão transformadas e adaptadas ao mundo moderno. E para surpreender ainda mais, a um nível que quase irreal, Ubuntu, S– — USE Linux e Fedora também entrarão nessas contas. Desse modo, as aplicações Linux serão acessíveis da forma mais fácil possível, para todos os utilizadores Windows 10.

E como funcionarão essas aplicações? Bem, elas serão corridas virtualmente a par do Windows, sem que seja necessário instalar esses sistemas por completo. Sem dúvida que a sua existência será uma mais valia para todos os utilizadores da plataforma da Microsoft. Quer se use ou não, não mais será necessário recorrer a processos mais longos e custosos para usufruir das vantagens de outros sistemas operativos.

Finalmente, será possível usufruir de tudo isto com um conjunto de cliques!

Por outro lado, e tendo em consideração o ambiente escolar, este será outro ponto de diferenciação, pela positiva, por parte da Microsoft em comparação à Google, isto é, na guerra entre Windows 10 S e Chrome OS.

Por fim, se pensarmos bem, a empresa de Redmond vai, passo a passo, evoluindo o seu sistema operativo não descorando de ninguém que esteja à sua volta. O número máximo de utilizadores da plataforma parece ser o objetivo a alcançar, mesmo que para isso quebre algumas diretrizes pelas quais se conduziu no passado.

Usas Ubuntu diariamente? Pensas que esta atitude por parte da Microsoft foi uma excelente jogada ou é-te totalmente indiferente? Deixa a tua opinião nos comentários!

Outros assuntos relevantes:

Timeline: nova funcionalidade trará histórico de aplicações ao Windows 10

Fall Creators Update é o nome da próxima atualização do Windows 10

Windows 10 S já foi anunciado e promete bem mais do que se esperava!

FonteThe Verge
Desde cedo comecei a interessar-me pelo que podia fazer no computador. Porém, a grande paixão surgiu com o primeiro telemóvel e complementou-se com os smartphones. Nada há a dizer, são simplesmente fantásticos e úteis em todo o tipo de situações.