Microsoft adquiriu a Bonsai, uma empresa focada em Inteligência Artificial

Pedro Henrique

Microsoft Windows 10 Bonsai Inteligência ArtificialBonsai é uma empresa norte-americana que a Microsoft acabou de adquirir. A empresa cujo foco é a Inteligência Artificial situa-se na Califórnia. Logo, embora não possa parece à primeira vista, não se dedica ao desenvolvimento de bonsais.

As pequenas árvores japonesas poderiam ser um dos seus produtos, certamente. Porém, se tal fosse verdade não iria suscitar o interesse da Microsoft. De facto, a proposta da empresa de Redmond adveio de um só objetivo.

Vê ainda: OPPO entra na Europa para combater o sucesso da Xiaomi

A empresa norte-americana que detém o Windows 10 quer, cada vez mais, focar-se no Azure e em tudo que envolva Inteligência Artificial. Para Satya Nadella, esse será o futuro da tecnologia que hoje conhecemos.

Com efeito, a Bonsai foi uma empresa que se revelou valiosa para Satya Nadella e a sua equipa. Todavia, tendo em consideração que a Bonsai é uma simples start-up, pode dizer-se que este negócio tenha em vista as suas capacidades e know-how.

Conhecimento sobre inteligência artificial é o que a Microsoft pretende da Bonsai!

Ou seja, não se visa a expansão ou consolidação no mercado. Muito pelo contrário. A Microsoft procura apenas e só uma forma mais veloz de aprimorar o Azure e tudo que envolva machine learning.

Assim, como é que todo este negócio poderá gerar os frutos que ambas esperam de tal. No passado recente, também se pôde ver a empresa norte-americana adquirir a GitHub, pelo que se verifica uma grande animação para os lados de Redmond.

De resto, fica atento(a) às notícias aqui, em 4gnews.pt, para que não percas nenhum detalhe acerca deste e de outros temas falados em português.

Assuntos relevantes na 4gnews:

Nokia X6 chegará à Europa! Esta é a confirmação que precisávamos

Huawei Mate 20: Afinal aquelas não eram as imagens do futuro terminal

Huawei Portugal confirma: Huawei P9 não receberá o Android Oreo

Fonte | Via

Pedro Henrique
Pedro Henrique
Fã incondicional de tecnologia e cultura quer partilhar o conhecimento adquirido com todos.