MediaTek e as suas esperanças para chegar aos smartphones de topo

Carlos Oliveira
MediaTek smartphones
A empresa de Taiwan está à procura de novas oportunidades de negócio

A MediaTek é uma das empresa de semi-condutores mais sucedidas do mundo. Embora a sua popularidade não seja equiparável à da Qualcomm, a verdade é que a empresa de Taiwan possui processadores de qualidade para smartphones.

O mais comum é vermos os SoC´s desta empresa em smartphones de gama média. Os baixos valores requeridos pelos seus produtos são a principal causa para este cenário. Desse modo, as construtoras conseguem manter baixos os preços de venda dos seus produtos.

Vê ainda: CEO da Xiaomi explica porque usa um Mi Mix 2S em vez do Mi Mix 3

Enquanto que isto é vantajoso para as construtoras, para a MediaTek nem tanto. De facto, existe um certo preconceito face aos processadores desta empresa, sobretudo, no que ao capítulo das atualizações diz respeito.

MediaTek quer chegar a smartphones da Apple, Samsung ou Xiaomi

Ainda assim, o mais recente processador Helio P90 é prova de que os produtos da empresa merecem o seu devido destaque. Com efeito, trata-se de um SoC de gama média mas que traz importantes avanços no campo da Inteligência Artificial.

É precisamente na Inteligência Artificial que a MediaTek está a depositar as suas esperanças para um futuro mais risonho. De acordo com a Digitimes, a empresa asiática estará a tentar colocar os seus SoC`s em smartphones de gama alta.

Segundo o que é avançado, a MediaTek estará em conversações com empresas como a Apple, Samsung ou Xiaomi. O objetivo destas conversações é a busca de oportunidades de cooperação empresarial.

MediaTek Helio P90 smartphones Android

Ou seja, a ideia será tentar convencer estas empresas a adotar os seus processadores. No entanto, esta poderá revelar-se uma tarefa inglória. No caso da Apple, esta tem por hábito utilizar apenas os seus próprios processadores.

No caso da Samsung, esta tem já uma parceira de longa data com a Qualcomm para os seus topos de gama. Isto para não falar nos seus Exynos que são também uma aposta forte para seu segmento premium.

Já a Xiaomi também costuma utilizar chips da norte-americana nos seus topos de gama. Ainda assim, o recente Xiaomi Mi Play chegou com um processador da MediaTek mas que, em todo o caso, está longe de ser um topo de gama.

Por fim, importa ainda referir que a MediaTek pretende utilizar a Inteligência Artificial para colocar os seus processadores noutros mercados. Mercados esses que passam pela informática, comunicações, tecnologias de consumo e ainda o setor automóvel.

Editores 4gnews recomendam:

Samsung Galaxy S9: Android Pie estará a causar problemas de bateria

Louis Vuitton e o novo smartwatch para 2019! Não esperes um bom preço!

Tesla Model 3: Marca mostra vídeo que mostra a construção do carro

Fonte | Via

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.