MediaTek Dimensity 9200 é oficial! SoC com Ray Tracing e Wi-Fi 7

Rui Bacelar
Comentar

O novo processador para dispositivos móveis MediaTek Dimensity 9200 é oficial! É um dos SoC's (System on Chip) mais promissores dos últimos anos e competirá, ao longo de 2023, com o próximo Snapdragon 8 Gen 2 da Qualcomm.

Destaca-se pela maior eficiência energética de até 25%, significando isto um menor consumo energético muito considerável. Para além disso, face ao anterior flagship, o Dimensity 9000, o novo Dimensity 9200 traz melhorias de desempenho geral.

Este é o novo chipset topo de gama da MediaTek, o Dimensity 9200

Tal como esperado, a MediaTek acaba de revelar o seu mais recente processador topo de gama para dispositivos móveis. O novo Dimensity 9200 destaca-se por incorporar várias estreias na indústria mobile com melhor desempenho e excelente eficiência.

Em primeiro lugar, o MediaTek Dimensity 9200 baseia-se na segunda geração do processo de litografia a 4 nm da TSMC. Assim, de acordo com a empresa, no pico de desempenho a eficiência energética consumida é reduzida em até 25% para maior autonomia.

Portanto, em comparação com o antecessor, este chipset será não só mais rápido, como preservará melhor a autonomia da bateria.

Baseia-se na 2.ª geração do processo de 4 nm da TSCM

MediaTek Dimensity 9200
Os principais destaques do novo processador MediaTek Dimensity 9200.

O MediaTek Dimensity 9200 é também o primeiro chipset a integrar um núcleo (prime) ARM Cortex-X3 com frequência máxima de 3,05 GHz, baseado na arquitetura ARMv9.

Para além disso, temos também três núcleos ARM Cortex-A715 com frequência máxima de 2,85 GHz, bem como quatro núcleos Cortex-A510 com frequência máxima de 1,8 GHz.

Em suma, temos a seguinte configuração nucleica:

  • 1x Cortex-X3 até 3,05 GHz
  • 3 x Cortex-A715até 2,85 GHz
  • 4 x Cortex-A510 até 1,8 GH

O novo processador inclui ainda a gráfica (GPU) ARM Immortalis - G715 como motor de ray tracing baseado no hardware e taxa variável de rendering. Mais ainda, o novo chipset MediaTek obteve um total de 1,26 milhões de pontos na bechmark AnTuTu.

Chipset MediaTek Integra a gráfica ARM Immortalis - G715 com Ray Tracing

MediaTek Dimensity 9200
Os principais destaques do novo processador MediaTek Dimensity 9200.

As suas caraterísticas técnicas incluem também suporte para memória LPDDR5 RAM, bem como armazenamento interno UFS 4.0, os padrões mais velozes de leitura e escrita para a memória.

Para além disso, suporta ecrãs com resolução máxima de 5K e taxa de atualização a 60 Hz. Suporta um display a WHQD até 144 Hz, ou no máximo, um ecrã Full-HD com taxa de atualização até 240 Hz.

Powerful mediatek Dimensity 9200 chip. pic.twitter.com/mq7CSxw5FM

— Ice universe (@UniverseIce) 8 de novembro de 2022

Em simultâneo, a MediaTek afirma que o novo motor de processamento da imagem apresentada no ecrã fará os conteúdos saltar à vista graças ao sistema Miravision 980.

De igual modo, temos um novo AI NPU (APU 900), motor de inteligência artificial de 6.ª geração. Aliás, este sistema de IA promete diminuir o consumo energético de forma muito substancial em vários cenários de utilização.

Mais poderoso, mais eficiente e com mais de 1,26 milhões de pontos na AnTuTu

MediaTek Dimensity 9200 reference chip. I love reference SoC in hand pic.twitter.com/SX3vDV51kQ

— Tomi (@GadgetsBoy) 4 de novembro de 2022

O chipset MediaTek Dimensity 9200 conta também com o processador de sinal de imagem, vulgo ISP Imagiq 890. Segundo a fabricante, este tem suporte nativo para sensores de imagem RGWB (vermelho, verde, branco e azul), capaz de processar ficheiros RAW nativamente e captar até 30% de mais luz nas imagens.

Para além disso, promete melhorar também a captação de vídeo, com mais detalhe e pormenor conservado nas gravações, além de conseguir captar também mais luz nos vídeos.

Wi-Fi 7 já suportado pelo MediaTek Dimensity 9200

MediaTek Dimensity 9200
Os principais destaques do novo processador MediaTek Dimensity 9200.

As conetividades também estão asseguradas no MediaTek Dimensity 9200 com o SoC a integrar um novo modem capaz de garantir ligação estável em 5G para ambas as frequências sub-6 GHz e mmWave.

Para além disso, está assegurado o suporte para o próximo padrão da rede sem-fios, Wi-Fi. Com efeito, temos suporte nativo para o próximo padrão Wi-Fi 7, sendo o primeiro chipset a suportar esta conetividade.

Vivo já fez saber que usará o novo chipset MediaTek

MediaTek Dimensity 9200

Por fim, os primeiros smartphones a integrar o processador MediaTek Dimensity 9200 serão da Vivo, a chegar ainda em 2022 ao mercado. Para além disso, contamos também com a OPPO e usar este chipset em algumas versões dos seus próximos Find X.

Para além disso, vários executivos da Xiaomi, Honor e ASUS ROG também demonstraram interesse nas capacidades deste processador, pelo que contamos com smartphones destas fabricantes a integrar o MediaTek Dimensity 9200.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. Ocupa-se com a atualidade tecnológica na 4gnews. Email: ruibacelar@4gnews.pt