Lisboa Games Week 2017 – Uma festa gaming para todos

Bruno Coelho
20 Novembro, 2017
Lisboa Games Week 2017 FIL gaming god of war
Muitos amantes de cosplay marcaram presença na Lisboa Games Week. Crédito: Lisboa Games Week

Não é à toa que a Lisboa Games Week se vem firmando cada vez mais como a maior convenção de videojogos em Portugal. O evento cresceu e pretende ultrapassar fronteiras. Entre 16 e 19 deste mês, a FIL encheu-se de entusiastas gaming de todas as idades. O motivo? Uma paixão que vai de Pacman a God Of War.

Estivemos por lá no último dia e pudemos comprovar que o entusiasmo de todos se sentia no ar. Desde o filho que quer experimentar o novo The Legend of Zelda: Breath of the Wild,ao pai que anda atrás dele, mas também quer espreitar o Super Mario Odissey.Desde o jovem que quer ver como vai ser o novo Assassin’s Creed Origins, ao que quer experimentar o jogo indie Flipping Death.

Vê ainda: Teoria – Vegeta alcançará Goku de forma especial em Dragon Ball Super

Há jogos para todos os gostos. Há retro gaming que faz as delícias de miúdos e graúdos. Há filhos que jogam partidas de FIFA 18 com os pais e há os que preferem andar aos tiros num stand onde a realidade virtual é senhora e rainha. Apreciamos particularmente um espaço onde se vislumbra a evolução desta realidade virtual ao nível do gaming e trata-se de uma bela experiência.

Vemos também concursos que põem à prova os melhores jogadores (e os fazem suar quando o tempo quase foi batido). Mas há também conferências e workshops para aprofundar todo o conhecimento sobre a área. E os youtubers mais conhecidos do ramo (e não só) estão todos lá. E se vemos algumas filas, as maiores são para os jovens conseguirem o autógrafo daquele que vêm todos os dias através do Youtube.

A Lisboa Games Week 2017 contou com mais de 50 mil pessoas em quatro dias

O facto de termos dois pavilhões (com zona de restauração no meio) e um Grande Auditório, permite que haja uma sensação de espaço para explorar todo o evento, o que é apreciável. Até porque contar com mais de 50 mil pessoas num mesmo espaço em quatro dias é obra.

O cosplay também tem o seu lugar de destaque. Podemos dizer que boa parte da alma do evento também está aí. Há concursos para eleger os melhores (seja individual ou em grupo), mas não há preço para o quanto os amantes desta arte embelezam um evento desta envergadura.

Playstation, Nintendo e Warner Bros marcaram presença

Os jogos mais esperados para os amantes da Sony Playstation de 2018 também passaram por lá. Títulos como God Of War, Star Wars Battlefront II, Dragon Ball Fighter Z ou Detroit: Become Human são só alguns exemplos.

Também a Nintendo apresentou a sua consola mais recente e os títulos já citados. The Legend of Zelda: Breath of The Wild ou Super Mario Odissey. Mas houve também espaço para jogos como Mario Kart 8 Deluxe e Splatoon 2.

A Warner Bros trouxe a jogo títulos como Shadow of War ou WRC7. O sucesso da Ubisoft, Assassin’s Creed Origins, também marcou presença.

Além disto, mais de 50 jogos Indie estiveram presentes no evento. Echoplex ou The Darkside Detective são só dois nomes que até contaram com os seus autores no certame.

Era impossível experimentar tudo num só dia. Mas houve tempo para uma experiência de Escape Room em realidade virtual que mostra que a evolução desta tecnologia ainda tem muito por percorrer. No entanto, os passos certos estão a ser dados. O salão de jogos proporcionou-nos também uma bela partida de pimball e houve também espaço para nos colocarmos ao volante do GT Sport.

A Lisboa Games Week não escolhe idades. É para quem ama jogos. É para quem os vive. É para quem os gosta de explorar. Ou é simplesmente para quem quer passar um dia a explorar o passado, o presente e o futuro desta área. Não interessam plataformas, nem idades, nem o tipo de jogo. Acima de tudo está uma paixão e uma forma de estar na vida. Para o ano há mais.

Outros assuntos relevantes:

Bitcoin – Criptomoeda ultrapassa a dura barreira dos 8000$

Nokia 6 está muito próximo de receber a atualização para o Android Oreo

Beta do Android Oreo chega dentro de dias ao OnePlus 5

Bruno Coelho
Bruno Coelho
O Nokia 3650 foi o primeiro grande mergulho no mundo tecnológico. Se o Ultimate Team é o seu atual saco de boxe, o Macbook Pro é o melhor amigo. Escrever sobre tecnologia é o processo natural na vida de alguém que come especificações ao pequeno-almoço.

Mais na 4gnews

Xiaomi Black Shark 2 é oficial: mais poderoso e com 12GB de RAM
Nvidia GTX 1660: gráfica surpreende em benchmarks
5 razões pelas quais The Division 2 é superior ao Anthem
Como completar o ‘Flashback De Rossi’ no Fifa 19 Ultimate Team
Simpsons coopera com Riot Games para episódio sobre Esports
Jogadores do The Division 2 querem poder acariciar cães no jogo

Artigos que não podes perder

5 Dicas para ter sucesso no Ultimate Team do FIFA 19 sem gastar dinheiro!
A placa gráfica certa para cada tipo de utilizador de PC em 2018
Os smartphones com os melhores processadores - Outubro 2018
Os 10 melhores telemóveis chineses a ter em atenção em 2018
Os 15 melhores telemóveis baratos que valem (realmente) a pena em 2018
O que precisas de saber antes de investir na placa de som