No ano passado, pela primeira vez, a LG entusiasmou-me com um smartphone que a mesma apresentou no Mobile World Congress, em 2016. Desta vez, esse entusiasmo transformou-se em algo ainda melhor com o LG G6.

Aproveita aqui os melhores descontos em Smartphones

   

A LG fez um excelente trabalho de casa desde que apresentou o G5 no período homólogo do ano anterior. Procurou saber o que correu menos bem e o que é que poderia ser alterado no G6 de modo a que não fossem cometidos os mesmos erros. E assim foi.

O LG G6 tem um ecrã enorme, sem que isso implique que o smartphone seja demasiado grande. O seu design é belo, em metal, e as bordas entre o topo/fundo do aparelho e o seu ecrã são bastante reduzidas. De seguida, um dos pontos mais fulcrais de um smartphone, mostrado até pela própria LG na apresentação deste terminal, é o seu ecrã. O ecrã do G6 é, não só, maior sem que se torne incomodativo, como está associado à tecnologia da empresa sul-coreana chamada Full-Vision.

No entanto, as suas qualidades não se ficam por aí. Desta vez, o LG G6 também é resistente à água e ao pó e essas são algumas características que muito valorizei depois de ter tido um smartphone que as detinha, o que não é o caso agora.

Para além disso, as suas câmaras conquistaram-me, totalmente. Mais uma vez, o trabalho começado com o G5, desenvolvido com o V20 e agora aperfeiçoado para o LG G6 são qualquer coisa. Agora, ainda mais, as câmaras captarão tudo o que eu quiser fotografar, até os detalhes mais minuciosos. Todos os intervenientes caberão na fotografia, bem como toda a paisagem e envolvimento.

LG G6
O novo LG G6

O G6 traz consigo um companheiro(a) que muito prezo e penso ser excelente e que capacita até este terminal a um patamar superior. O novo flagship da LG está otimizado para utilizar o Google Assistant. Isto permite que, mesmo com o ecrã desligado, o assistente da Google facilite todas as tarefas do dia a dia que precise.

Por fim, o LG G6 parece, para mim, um dos melhores smartphones que 2017 nos poderá dar, para já. Sem dúvida que ouvir os consumidores foi a melhor opção que a empresa coreana poderia ter tomado e isso fez toda a diferença. Mesmo que isso tenha implicado a queda de alguns chavões bastante característicos da empresa, como a bateria removível.

Vê ainda: Samsung Galaxy S8 vê a sua silhueta revelada pelo Evleaks

Tudo que estava a mais no seu antecessor foi removido no LG G6 e, agora, está mais resistente, mais elegante, com uma bateria maior, etc. Há tanta coisa para dizer sobre este LG e que me fariam adquiri-lo que é difícil não escrever mais, as mesmas coisas boas.

Nunca pensei que tal pudesse acontecer mas foi em 2017 que a LG ficou a um pequeno passo de me fazer querer correr para as lojas quando o mesmo for lançado. O seu preço não é o que esperava, ou o que gostava de esperar, mas também não penso que seja demasiado elevado face àquilo que o G6 oferece.

No entanto, terei de adiar essa compra. Prometi a mim mesmo que esperaria pelo lançamento de mais terminais ao longo de 2017 que, como antevi anteriormente, seria um ano incrível para os entusiastas de smartphones, como eu.

Outros assuntos relevantes:

Serão quatro os Xperia lançados pela Sony no Mobile World Congress

BlackBerry KeyOne: as funcionalidades que o tornam único

BlackBerry KeyOne apresentado oficialmente!