LG apresenta auriculares Bluetooth com autonomia até 24 horas, que se limpam sozinhos

Bruno Coelho
Comentar

A LG continua focada num mercado em constante expansão: auriculares Bluetooth totalmente sem fios. A marca acaba de lançar a sua nova opção para o segmento premium, que dispõe de autonomia incrível, cancelamento de ruído ativo e esterilização ultravioleta.

Para começar, estes novos auriculares chamam-se LG Tone Free DFP8W. Contam com drivers de 8mm desenvolvidas pela Meridian Audio. Os três microfones em cada auricular servem para melhoria na qualidade das chamadas, mas também para o cancelamento de ruído ativo que se espera ser de grande qualidade.

LG Tone Free DFP8W

Ao nível sonoro, podes contar com os codecs AAC, SBC e apt-X. De referir que não terás problemas em levá-los para o ginásio ou numa corrida, já que contam com certificação IPX4 contra salpicos.

É bom referir que contam com Bluetooth 5.2, e a marca revela que podem ser ligados a até cinco equipamentos. Poderão ser adquiridos em preto, dourado e branco. De referir ainda que conta com emparelhamento rápido no Android e Windows.

LG Tone Free DFP8W com autonomia de 10 horas com cancelamento de ruído desligado

A marca promete uma autonomia de seis horas pouco vistosas com o cancelamento de ruído ativo. Mas esta passa para as 10 horas, caso este se encontre desativo. Combinada com a caixa de carregamento, prometem 14 horas (com cancelamento de ruído ativo) ou até 24 horas com este desligado.

LG Tone Free DFP8W

Estes auriculares chegam com caixa de carregamento equipada com a tecnologia nano ultravioleta da LG. Esta promete limpar os auriculares através de luz ultravioleta, mantendo-os sempre esterilizados.

Os novos LG Tone Free DFP8W chegarão ao mercado por 180 €. No entanto, a fabricante sul-coreana ainda não revelou a data em que tal vai acontecer.

Editores 4gnews recomendam:

Bruno Coelho
Bruno Coelho
Vive entre a paixão pela escrita, a música e a tecnologia. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior em 2015, e fez parte da equipa que fundou o Jornal de Belmonte. Produziu vários podcasts independentes pelo caminho. Come especificações ao pequeno-almoço.