Lenovo ThinkPad X1 Fold: portátil revolucionário chega a Portugal com preço ‘picante’

Bruno Coelho
Comentar

Depois de muita espera, o “primeiro computador portátil do mundo com ecrã dobrável” vai finalmente chegar ao mercado. O seu design é revolucionário, e a versão base do equipamento vai custar 2819€ em Portugal.

O grande traço distintivo deste Lenovo ThinkPad X1 Fold é o seu ecrã OLED dobrável de 13.3 polegadas. Isto faz com que o possas dobrar como qualquer outro portátil, mas aqui consegues ter apenas e só ecrã no seu interior. Isto faz com que dobrado seja um equipamento bem menor que um portátil casual.

O X1 Fold traz também disponível o Fold Mini Keyboard, um teclado que pode ser carregado sem fios quando acoplado ao equipamento. Focado em produtividade, terá também a possibilidade de ser usado com a Mod Pen.

Este equipamento tem um processador Intel Lakefield com Hybrid Technology, e chegará com Windows 10 Pro. No seu interior podes contar com 8GB de RAM LDDDR4X e até 1TB de SSD.

A autonomia anunciada pela marca é de 11 horas. E o equipamento promete suportar carregamento rápido de 65W. Terá uma entrada para cartão SIM e duas portas USB-C (uma de primeira e outra de segunda geração. Tem também Wi-Fi 6 e suporte para 5G.

O equipamento entrou em pré-venda em países selecionados, e já o podes encomendar no site oficial da Lenovo em Portugal. O preço anunciado para os Estados Unidos foi de 2499 dólares, mas em Portugal começa nos 2819€. Os interessados que o comprem nesta pré-venda, deverão ter o equipamento em mãos daqui a cinco ou seis semanas, segundo a marca.

Editores 4gnews recomendam:

  • Xiaomi Mi 10T Lite: smartphone barato tem características reveladas
  • Xiaomi prepara novos auriculares Bluetooth premium com preço imbatível
  • Google Meet para Android e iOS recebe desejada funcionalidade!
Bruno Coelho
Bruno Coelho
Vive entre a paixão pela escrita, a música e a tecnologia. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior em 2015, e fez parte da equipa que fundou o Jornal de Belmonte. Produziu vários podcasts independentes pelo caminho. Come especificações ao pequeno-almoço.