5
Em 2014 Dennis Wingo e Keith Cowing formaram o projecto ” ISEE-3 Reboot”  com a ajuda de crowdfunding, tentaram contactar e controlar um satélite da NASA, a ISEE-3, lançada em 1978 e desactivada em 1997.


O objectivo era reactivar o satélite e programa-lo para transmitir continuamente para a Terra vários dados científicos acessíveis a todos os interessados. Colocar a nave em “science mode”. Este projecto ganhou asas e forte apoio do público, angariando mais de 160, 000 dólares e reunindo uma vasta equipa científica. Em Maio deste ano conseguiram comunicar com sucesso e programar o satélite, tendo apenas fracassado em activar os propulsores da nave, presumivelmente por estarem sem combustível.

Hoje, 10 de Agosto de 2014, o satélite irá passar bem perto da Lua, antes de voltar a vaguear pelo espaço durante mais 17 anos até voltar a passar pelo nosso satélite natural. E o melhor é que você pode acompanhar isto tudo em directo do seu computador, se tiver o Google Chrome como browser padrão.

   

7

Esta experiência no Chrome acompanha a improvável odisseia da ISEE-3, uma nave lançada em 1978 para estudar o Sol, mas mais conhecida por ser pioneira no estudo de cometas, alcançou a fama não pelo seu objectivo primordial mas sim pelo que fez entretanto.

Uma nave espacial para todos ou “A Spacecraft for all”, é um documentário interactivo que mistura vídeo, filmes e muitos gráficos em 3D com os quais pode interagir durante todo a explicação da jornada de 36 anos desta nave. Durante esta documentário podemos brincar com todo o ambiente 3D, explorar cometas e visualizar as órbitas, numa maneira muito apelativa e divertida, bastando clicar nos elementos para obter mais informações sobre os mesmos.

Apesar de ter sido desactivada em 1997 pela NASA, a ISEE-3 foi colocada num estado “zombie” e numa órbita que não interferisse com outras naves,  para que  pudesse, eventualmente, ser reactivada sem causar problemas até lá. Como esta existem muitos outros satélites, sondas e demais naves a vaguear sem destino pelo espaço após terem cumprido a sua missão.

Satélite a ser inspecionado
Satélite a ser inspecionado

Fique a saber alguns dos princípios e teorias da física que permitiram ao satélite viajar e recolher preciosas informações durante o seu percurso, e a forma como estes entusiastas espaciais conseguiram comunicar, programar e até fazer algumas manobras com esta nave vintage. Um grande desafio pois a nave não tem propriamente um computador, os sistemas são antiquados  e foi preciso recriar o hardware necessário para dizer “Olá” à nave adormecida.

É um projecto repleto de sucessos que apenas não conseguiu reactivar os propulsores da nave, após alguns burst’s prometedores os motores não voltaram a dar sinais de vida, ao que parece por falta de combustível. No entanto a nave continuará a transmitir dados científicos para a Terra que estão disponíveis para todos, uma vez que os seus instrumentos e sensores estão operacionais e a funcionar desde 1978. Após uma reprogramação bem sucedida do software do satélite estamos e estaremos a receber live-feed destes dados.

Observatório espacial Arecibo
Observatório espacial Arecibo
Centro de operações num antigo MacDonald's
Centro de operações num antigo MacDonald’s

Neste site pode acompanhar a história do ISEE-3 desde o seu lançamento até à sua posição actual em 2014, culminando com o dia de hoje, 10 de Agosto de 2014, data da sua passagem perto da Lua. Veja o site  do Project Reboot e explore o passado, o presente e o futuro desta relíquia da NASA. Alargue os seus horizontes e renda-se à vastidão fascinante que apelidamos de Espaço.


[youtube http://www.youtube.com/watch?v=3rzgH6Jc3PY]


Site: Spacecraft for All fonte via

Quando não está a escrever um artigo ou a gravar algum vídeo, o Bacelar tem por hábito saborear um bom livro, descobrir novas bandas sonoras ou simplesmente desfrutar do sol, na companhia de quem mais gosta (MM).