iPhone SE 2020 pode ser um "tiro no pé" da Apple! Entende a razão

António Guimarães
Comentar

O iPhone SE 2020 tem tudo para ser um sucesso de vendas e já está a provar sê-lo. Contudo, nem tudo são rosas, segundo um dos analistas da indústria de smartphones mais conhecidos: Ming-Chi Kuo. O analista prevê que o sucesso do iPhone SE 2020 acontecerá à custa da descida de vendas de outros modelos.

Kuo deu o exemplo do iPhone 11 que era o telemóvel mais "económico" vendido pela Apple até agora. Com o iPhone SE 2020 a 399 dólares (499€ em Portugal), esta torna-se a escolha mais apetecível para o consumidor que quer um iPhone a baixo custo.

O analista prevê que entre 12 a 14 milhões de unidades do iPhone SE sejam expedidas durante os próximos meses. Esta vai resultar numa descida de vendas nos modelos 11, XR e os topos de gama. Na verdade, espera-se que o segundo trimestre fiscal da Apple falhe as projeções em 30%.

sdgfg

iPhone SE 2020 pode ser uma "entrada" para serviços Apple

Por outro lado, sendo um iPhone mais barato, o iPhone SE 2020 pode ser a entrada perfeita para novos consumidores. Sabemos que a especialidade da Apple é agarrar os utilizadores pelo ecossistema. Os produtos Apple funcionam tão bem uns com os outros que é difícil resistir. Compras um iPhone e quando quiseres mais gadgets, é provável que te vires para a Apple.

Além disso, temos as subscrições como o Apple Arcade, Apple TV+ e o Apple News+. Assim sendo, talvez a Apple não se importe muito em perder algumas vendas dos iPhones se isso significa trazer mais visitantes ao seu "Jardim do Éden".

Editores 4gnews recomendam:

António Guimarães
António Guimarães
Juntamente com os seus atuais companheiros Mi A2 e Surface Go, batalha para elucidar as massas sobre todos os acontecimentos da esfera tecnológica. "Informação é poder" é a frase que o acompanha diariamente. Talvez um dia a coloque numa t-shirt.