iPhone 13 Pro Max, Galaxy 22 Ultra ou Xiaomi 12 Pro: qual tem melhor bateria?

Bruno Coelho
Comentar

O iPhone 13 Pro Max tem uma bateria de 4352 mAh. E os mais recentes Samsung Galaxy 22 Ultra e Xiaomi 12 Pro têm bateria de 5000 mAh e 4600 mAh, respetivamente. Mas será que a capacidade nominal conta a história toda?

O canal Mrwhostheboss colocou estes smartphones em confronto, e adicionou ainda à festa o mais antigo Galaxy S21 Ultra e ainda o Google Pixel 6 Pro. Para os mais atentos, os resultados do teste não espantam.

Como podes ver pelo início do teste, ainda o Xiaomi 12 Pro e o Google Pixel 6 tinham tinham 100% de autonomia, e os Samsung e iPhone já iam nos 97%. Mas a balança acaba necessariamente por virar.

iPhone 13 Pro Max continua a ser o rei da autonomia

À medida que o teste avança, e por volta da uma hora e meia, já o iPhone 13 Pro Max liderava tranquilamente o teste. E facilmente vamos notando também a tendência o Google Pixel 6 Pro ficar para trás facilmente.

Entre a 7 e as 7 horas e meia de teste, tanto o Google Pixel 6 Pro como o Xiaomi 12 Pro acabam por ficar sem bateria. Por essa altura o iPhone 13 Pro Max ainda estava acima dos 30%, e os Samsung ainda sobreviviam.

Quando os Samsung padecem, o iPhone 13 Pro Max ainda contava com 23% de autonomia. No total, este conseguiu manter-se em funcionamento mais duas horas além destes, sendo o claro vencedor do teste.

Em último lugar do teste ficou assim o Google Pixel 6 Pro, com 7 horas e 6 minutos. Na quarta posição encontramos o Xiaomi 12 Pro, que aguentou 7 horas e 34 minutos neste teste de bateria.

Entrando no pódio, encontramos o novo Samsung Galaxy S22 Ultra com 8 horas e 8 minutos, e o anterior Galaxy S21 Ultra com 8 horas e 15 minutos. Em grande destaque vemos o iPhone 13 Pro Max com autonomia de 10 horas e 27 minutos.

Editores 4gnews recomendam:

Bruno Coelho
Bruno Coelho
Vive entre a paixão pela escrita, a música e a tecnologia. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior em 2015, e fez parte da equipa que fundou o Jornal de Belmonte. Produziu vários podcasts independentes pelo caminho. Come especificações ao pequeno-almoço.