iPhone 13 e iPhone 13 Pro Max: teste revela quanto tempo demoram a carregar

Bruno Coelho
Comentar

No final desta semana os iPhone 13 e iPhone 13 Pro Max começaram a chegar aos primeiros compradores. Embora tenha passado pouco tempo, já vai dando para as primeiras impressões dos equipamentos, e as suas velocidades de carregamento.

Nos testes primários revelados pelo leaker DuanRui, não são reveladas grandes melhorias na velocidade de carregamento dos novos iPhone 13. Por exemplo, o iPhone 13 Pro Max atinge uma velocidade de pico de 27W de carregamento PD (com carregador de 30W).

iPhone 13 Pro Max demora 86 minutos a fazer um carregamento completo

Estas são velocidades apenas atingidas durante os primeiros minutos de carregamento, tendo conseguido uns sustentáveis 27 minutos a 26W de potência. Tal como podes ver no gráfico abaixo, a bateria do iPhone 13 Pro Max demorou 86 minutos a fazer um carregamento de 0 a 100%. Esta conta com 4373mAh de capacidade.

Tempo de carregamento do iPhone 13 Pro Max
Tempo de carregamento do iPhone 13 Pro Max

O iPhone 13, modelo base, conseguiu atingir um pico de carregamento de 21W nos testes. O equipamento conta com uma bateria de 3240mAh, e o teste confirma que demorou 89 minutos a carregar na totalidade.

Tempo de carregamento do iPhone 13
Tempo de carregamento do iPhone 13

O modelo menor desta família é o iPhone 13 mini, que tem uma bateria de 2438mAh. No entanto, este conta com um pico de carregamento de apenas 15W. Desta forma terá demorado 87 minutos a fazer a carga completa.

Uma coisa parece certa: a velocidade de carregamento continua a não ser uma preocupação para a Apple. A verdade é que a maioria dos utilizadores carrega o dispositivo durante a noite, e grandes velocidades não são importantes nesse caso. Mas quando estamos com pressa, estes números podem ser considerados ridículos face a alguma concorrência.

Editores 4gnews recomendam:

Bruno Coelho
Bruno Coelho
Vive entre a paixão pela escrita, a música e a tecnologia. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior em 2015, e fez parte da equipa que fundou o Jornal de Belmonte. Produziu vários podcasts independentes pelo caminho. Come especificações ao pequeno-almoço.