Intel Gen 11 iguala Nvidia MX130 nos primeiros benchmarks

Bruno Coelho

Passaram poucas horas desde que a Intel revelou detalhes sobre as suas próximas gráficas integradas de 11ª geração. Cortesia do leakster TUMAPISAK, temos agora acesso aos seus primeiros resultados em benchmarks.

As gráficas Intel Gen 11 são aquilo a que se pode chamar um marco. Tendo em conta que serão as primeiras gráficas integradas a chegar à marca de 1 teraflops, sabemos logo que é algo sério. Para ser uma noção comparativa, a Xbox One foi originalmente desenhada para ter 1.3 teraflops de potência.

gráfica intel gen 11

Os benchmarks devem ser analisados com alguns pontos prévios. Em primeiro lugar, este é certamente um sample de engenharia. Depois, terá drivers bastante primárias. Tendo em conta que se trata de um chip de mobilidade, representa um processador em condições de poder baixas. Ou seja, estamos a falar de uma fase embrionária, esperando-se mais potencial no futuro.

A Intel Gen 11 vai colocar a Nvidia MX130 a um canto

Para se ter uma noção, a performance aqui demonstrada é praticamente duas vezes mais a de uma Intel UHD 620. Além disso, podemos vislumbrar que é até ligeiramente superior à de uma Nvidia MX130. Basicamente tal significa que esta gráfica vai colocar as MX110 e MX130 a um canto.

benchmark tumapisak gen 11 intel

Este sample mostra-nos a Intel Gen 11 a chegar em média aos 20.4 frames por segundo na resolução baixa de 1080p. Uma UHD 620, por exemplo, chega aos 10fps. Enquanto que uma MX130 consegue 20.1. Ou seja, esta gráfica tornará a MX130 praticamente redundante. Obviamente boas notícias para os jogadores casuais e para quem pretenda comprar um notebook em breve.

Estamos a falar de uma gráfica perfeita para portáteis de mobilidade. Quem ganha aqui é o jogador, já que os construtores poderão cobrar menos, oferecendo a mesma performance com uma gráfica integrada. Veremos até que ponto uma versão final desta gráfica não consegue morder os calcanhares da MX150 da Nvidia.

Editores 4gnews recomendam:

Via | Fonte

Bruno Coelho
Bruno Coelho
O Nokia 3650 foi o primeiro grande mergulho no mundo tecnológico. Se o Ultimate Team é o seu atual saco de boxe, o Macbook Pro é o melhor amigo. Escrever sobre tecnologia é o processo natural na vida de alguém que come especificações ao pequeno-almoço.