Imagens do Xiaomi Mi 10 mostram como será parte do smartphone

Filipe Alves
Comentar

Ainda hoje referimos que não há muitas questões sobre o design do Xiaomi Mi 10. Estas imagens vem confirmar isso mesmo. Tal como era de esperar, estas imagens que são alegadamente renders oficiais do smartphone, mostram um terminal que seguem a ideologia daquilo que tínhamos falado.

Xiaomi Mi 10 imagens

A imagem chega de uma empresa que fabrica películas de ecrã para os smartphones. Como é habitual, essas empresas recebem os detalhes dos dispositivos antes da sua revelação de forma a fabricar acessórios para o telemóvel assim que sai para as lojas.

Parte frontal do Xiaomi Mi 10 já não deixa questões

Como tínhamos referido, temos um terminal com um buraco no ecrã do lado esquerdo para a câmara frontal. Ao contrário do que a Huawei fez com o P30 Pro, o Xiaomi Mi 10 terá um auscultador na parte superior. Ainda assim, consegue reduzir as margens ao mínimo possível.

Xiaomi Mi 10 imagens

Confirma-se, tal como já era de esperar, o sensor biométrico no ecrã. Isto significa ainda que o smartphone contará com um ecrã OLED ou AMOLED. Tal como temos visto em todos os smartphones que nos oferecem tal característica.

Xiaomi Mi 10 imagens

O ecrã curvo também não é novidade, porém, algumas informações referem que esta curvatura aparecerá apenas no modelo "Pro" que será revelado a quando o Xiaomi Mi 10.

Ainda sem confirmações da parte traseira do Xiaomi Mi 10

Ainda que tenhamos a ideia que o design da parte traseira do Xiaomi Mi 10 siga o Mi 9 e Mi Note 10, nada é confirmado. Estas imagens, visto que são sobre uma película de ecrã, também não nos desvendam como será a parte traseira do terminal.

Os rumores apontam para 4 sensores fotográficos e o principal de 108MP como vimos no Mi Note 10. A sua construção será de vidro e deveremos ter carregamento sem fios como já vimos no antecessor Mi 9.

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.