HyperCharge: como funciona a tecnologia de carregamento em smartphones Xiaomi

Rui Bacelar
Comentar

O tempo é provavelmente o nosso valor mais precioso e a Xiaomi acredita que menos deste "ouro" deve ser desperdiçado à espera que o telefone carregue. Desse modo, com a tecnologia HyperCharge a 120 W temos um carregamento de 100% da bateria em apenas 17 minutos.

Temos, por um lado, a velocidade de carregamento mais rápida e maior capacidade da bateria como escolhas óbvias para aplicação em smartphones. Ou seja, num espaço compacto, tendo como exemplo o Xiaomi 11T Pro, este não está apenas equipado com uma carga rápida de 120 W, mas também com uma bateria de 5000 mAh.

Como melhorar a autonomia de bateria? Capacidade e carregamento

Xiaomi

Para conseguir melhorar este quesito, a Xiaomi utiliza uma combinação de uma nova estrutura de carregamento. Fá-lo com a aplicação de grafeno em baterias de iões de lítio e 3 tecnologias combinadas. Mais concretamente, a tecnologia de baterias MTW, tecnologia de carga MI-FC e tecnologia LiquidCool.

A relação entre tensão e corrente é ajustada para melhorar a potência de carga. As bombas de carga dupla ajustam a voltagem e a amperagem para se conseguir um equilíbrio ideal. Assim, reduzindo a voltagem e aumentando a amperagem para ultrapassar as limitações convencionais de voltagem e permitir uma maior potência.

Para além disso, como uma bateria única é limitada, a estrutura da bateria de duas células duplica a entrada disponível. No Xiaomi 11T Pro, por exemplo, a capacidade típica da bateria é de 5000 mAh.

Ou seja, na prática, a bateria é dividida em duas estruturas de células de 2500 mAh. Segundo a Xiaomi, também é utilizado um melhor controlo térmico com uma maior entrada de corrente.

São várias as tecnologias que dão corpo ao HyperCharge nos smartphones Xiaomi

Xiaomi

O MTW (Multi Tab Winding) é uma nova tecnologia de bateria que melhora o fluxo de corrente para a bateria. O MTW apresenta múltiplos ânodos e separadores catódicos para permitir um trajeto de corrente mais curto. Garante uma menor resistência interna e melhor controlo térmico com uma maior entrada de corrente.

Esta tecnologia é a melhor experiência de carregamento com produção eficiente e consistente de alta energia. Convencionalmente, a velocidade de carga diminui significativamente à medida que a bateria se aproxima dos 100%.

Por outro lado, o Mi-FC prolonga o tempo de corrente elevada e suporta monitorização da corrente e tensão da célula em tempo real. Como resultado, isto reduz significativamente o tempo de carregamento nos smartphones Xiaomi.

Na prática, utilizando a tecnologia "graphene-based lithium-ion", as baterias do Xiaomi 11T Pro têm maior condutividade do que as baterias tradicionais.

Uma tecnologia de carregamento segura para smartphones Xiaomi

The proprietary Xiaomi Surge G1 and P1 chipsets create a whole new battery management system.Extending battery life, accurately calculating charging time, and improving overall battery performance. #Xiaomi12SSeriesLaunch pic.twitter.com/hr2jBRTOPX

— Xiaomi (@Xiaomi) 4 de julho de 2022

A Xiaomi utiliza medidas de segurança adicionais para assegurar não haver compromissos na duração de vida da bateria. Com a tecnologia LiquidCool, a dissipação de calor é rápida para que o carregamento seja sempre eficiente.

Mais ainda, a Xiaomi apresenta 34 características de segurança para o carregamento da bateria. Aqui abrangendo todo o ciclo de carga desde o carregador, passando pelo circuito, até à bateria. Para além disso, os nove sensores térmicos monitorizam a temperatura em tempo real, assegurando que o carregamento é sempre seguro.

Em simultâneo, a Xiaomi continua a concentrar-se em assegurar uma duração otimizada de vida para baterias mais seguras e mais duráveis. A bateria é construída com uma proteção de carregamento a alta temperatura, uma proteção de descarregamento a alta temperatura e uma proteção de dupla sobrecarga.

O circuito apresenta uma proteção de entrada USB sobre tensão, proteção de entrada USB sobre corrente e proteção de entrada USB sob tensão. O carregador dispõe de uma proteção contra curto-circuito, proteção contra sobre corrente e proteção contra sobretensão.

Em suma, com a tecnologia Xiaomi HyperCharge de 120W, é possível desfrutar da proteção completa e carregamento mais rápido do dispositivo.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. Ocupa-se com as novidades de tecnologia na 4gnews. Email: ruifbacelar@gmail.com