Huawei "rema contra a maré" e regista crescimento anual saudável

António Guimarães
Comentar

A Huawei lançou hoje o seu relatório anual, relativo às vendas e receitas de 2019. Por incrível que pareça, a empresa registou um crescimento anual de 19.1%, em relação a 2018. As receitas ficaram na ordem dos 858 mil milhões de yuans chineses.

De acordo com um dos executivos da Huawei, Eric Xu, o ano de 2019 foi extraordinário para a empresa. Apesar de todas as complicações com o banimento dos Estados Unidos e a falta de serviços da Google, a empresa não teve as suas vendas afetadas.

Verdade seja dita, o único equipamento Huawei lançado sem Google Mobile Services em 2019 foi o Mate 30 Pro. Assim sendo, não foi possível perceber em concreto se a falta de GMS afetou as vendas da Huawei. Teremos de esperar pelo desfecho de 2020 para perceber na totalidade.

2020 não será um ano fácil para a Huawei ou qualquer marca

Neste momento, o mundo está a atravessar uma crise devido ao surto de COVID-19. Fábricas na China tiveram de abrandar a produção, afetando vários setores do mundo, incluindo a tecnologia de consumo e telemóveis.

Apesar dos relatórios da China indicarem que está tudo bem e que a produção está a voltar ao normal, existe outra questão: os consumidores. Com menos pessoas na rua, menos fluxo nas lojas, as empresas vão sofrer uma redução inevitável nas vendas.

Além disso, o surto de COVID-19 tem repercussões negativas no emprego das pessoas, sendo que muitas empresas suspenderam as suas operações devido à quarentena. Vão ser meses complicados para a nossa sociedade, sem dúvida.

Editores 4gnews recomendam:

António Guimarães
António Guimarães
Juntamente com os seus atuais companheiros Mi A2 e Surface Go, batalha para elucidar as massas sobre todos os acontecimentos da esfera tecnológica. "Informação é poder" é a frase que o acompanha diariamente. Talvez um dia a coloque numa t-shirt.