Huawei Matebook X Pro Review: a qualidade tem um preço!

António Guimarães

A Huawei tem vindo a afirmar-se no mercado dos computadores portáteis de uma forma bastante agressiva, desde o ano passado com o lançamento dos primeiros Matebook. No segmento de alta gama, a Huawei lançou o Matebook X Pro, um portátil de produtividade que irá satisfazer as necessidades da maioria dos utilizadores.

Pontos fortes do Matebook X Pro

  • Desempenho topo de gama
  • Qualidade de construção premium
  • Som satisfatório

Pontos fracos do Matebook X Pro

  • RAM é LPDDR3 2.133 MHz
  • Ecrã tátil podia ter sido dispensado, cortando no preço

Qualidade de construção é sublime

Com uma construção em alumínio, o Matebook X Pro é um prazer de se utilizar. O teclado é ergonómico e possui espaçamento suficiente para se assemelhar a um teclado full size, tirando o teclado númerico. O touchpad é responsivo e não se dobra com a pressão, suportando ainda vários gestos.

O seu ecrã tátil é algo que eu dispensaria. Afinal, num portátil, tocar no ecrã faz com que o mesmo abane um bocado, o que não se traduz na melhor experiência. Acredito que os ecrãs táteis deviam ficar reservados para os tablets e convertíveis. Caso o ecrã tátil fosse retirado, a Huawei podia ter reduzido no preço do portátil.

fdgg

Performance que faz justiça às especificações

Com um processador i7 de 10ª geração, 16 GB de RAM e 1 TB de SSD, será difícil fazer com que o Matebook X Pro se engasgue. Normalmente, faço passar os computadores pelos programas que utilizo pessoalmente, como os pertencentes à Adobe. Embora não utilize programas de modelação 3D ou algo do género, o software da Adobe puxa por qualquer máquina.

Assim sendo, fiz questão de criar projetos pesados no Adobe Premiere Pro e até mesmo de editar a nossa análise em vídeo no Matebook X Pro. Devo dizer que fiquei surpreso com a rapidez de conversão e renderização, bem como a velocidade de reprodução.

Com uma NVIDIA MX250, não vais muito longe com o Matebook X Pro no que toca a jogos. Contudo, podes correr alguns dos jogos menos intensos sem problemas. Basta baixar os gráficos dos jogos e não deverás ter problemas. Ainda assim, lembra-te que o Matebook X Pro foi criado para trabalho e produtividade.

O consumo de multimédia também é algo que se deve prezar neste portátil. O seu luxuoso ecrã de 3K e as colunas estéreo providenciam uma experiência de visualização de conteúdo fantástica.

Especificações do Huawei Matebook X Pro

  • Ecrã de 14 polegadas LTPS com resolução 3000 × 2000
  • Processador Intel® Core™ i7-10510U de 10.ª geração
  • 16 GB de RAM
  • Armazenamento SSD PCIe NVMe de 1 TB
  • NVIDIA® GeForce® MX250
  • Peso: 1,3 KG
  • Entradas: USB-C × 2 | USB-A × 1 | Jack 3.5 mm x 1

dfgfd

Uma autonomia para os mais exigentes

Em média, consegui puxar 5 a 6 horas de autonomia do Matebook X Pro com utilização intensa, Wi-Fi ligado e brilho no máximo, bem como a retroiluminação do teclado. Assim sendo, é claro que este computador aguenta bem as tarefas que lhe atirares, sem ficar sem energia quando mais precisares.

Temos um carregador de 65W incluído na caixa, bem como um adaptador com entradas USB, VGA e HDMI. Este carregador é USB-C e pode também ser utilizado para carregar smartphones ou tablets om rapidez. É uma solução excelente para quem viaja, pois, só precisa de levar um carregador.

Conclusão: um preço alto por alta qualidade

Com um valor a rondar os 2000 euros, o Matebook X Pro não é para todos. Contudo, se estás à procura de um computador portátil que não te falhe nas horas que mais precisas e te entregue uma performance sólida, bem como qualidade de construção, o Huawei Matebook X Pro é o equipamento para ti.

António Guimarães
António Guimarães
Juntamente com os seus atuais companheiros Mi A2 e Surface Go, batalha para elucidar as massas sobre todos os acontecimentos da esfera tecnológica. "Informação é poder" é a frase que o acompanha diariamente. Talvez um dia a coloque numa t-shirt.